Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
18º 25º


Faça sua Busca


Arte & Agenda > Variedades > Cinema

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

18/08/2014 20:02 - Atualizado em 18/08/2014 20:04

Diretor Jorge Furtado fala sobre "O Mercado de Notícias"

Filme se propõe a instigar a sociedade, a observar de maneira crítica, o processo das notícias

Filme se propõe a instigar a sociedade, a observar de maneira crítica, o processo das notícias<br /><b>Crédito: </b> Fabio Rebelo / Divulgação / CP
Filme se propõe a instigar a sociedade, a observar de maneira crítica, o processo das notícias
Crédito: Fabio Rebelo / Divulgação / CP
Filme se propõe a instigar a sociedade, a observar de maneira crítica, o processo das notícias
Crédito: Fabio Rebelo / Divulgação / CP

O diretor Jorge Furtado e o presidente do Sindicato dos Jornalistas, Milton Simas, participam de bate-papo com o público nesta terça,às 19h30min, no CineBancários (General Câmara, 424), sobre o filme “O Mercado de Notícias”. A produção de Furtado junto com a Casa de Cinema de Porto Alegre convida profissionais da comunicação a repensar o seu papel de agente mediador entre o acontecimento e o cidadão. Não só voltado aos jornalistas, o longa também se propõe a instigar a sociedade, a observar de maneira crítica, o processo de produção e distribuição de notícias.

Para José Roberto de Toledo, “o conceito do repórter está passando por uma revolução”. Ele é um dos 13 jornalistas entrevistados no documentário, que mescla depoimentos de profissionais de diferentes veículos e linhas editoriais distintas, com uma peça de teatro inglesa do século XVII, que leva o mesmo nome do filme. A produção analisa, ainda, casos recentes da política brasileira, onde a imprensa teve papel de grande destaque.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo





» Tags:Cinema Variedades

O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.