Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 22/08/2014
  • 11:28
  • Atualização: 12:14

Chloe Grace Moretz vive nas telas adolescente entre vida e morte

Filme estreia em 4 de setembro no Brasil

Chloe Grace Moretz vive nas telas uma adolescente entre a vida e a morte  | Foto: YouTube /  Reprodução / CP

Chloe Grace Moretz vive nas telas uma adolescente entre a vida e a morte | Foto: YouTube / Reprodução / CP

  • Comentários
  • AFP

A atriz Chloe Grace Moretz, mais conhecida como a Hit Girls do recente filme cult "Kick-Ass" e uma das jovens promessas de Hollywood, vive agora uma adolescente presa entre a vida e a morte após um acidente de trânsito no qual perde toda a família.

O longa-metragem "Se Eu Ficar", uma adaptação do livro best-seller de mesmo nome ("If I Stay", em inglês) da escritora Gayle Forman e dirigido por R.J. Cutler, estreia nesta sexta-feira nos Estados Unidos e no dia 4 de setembro no Brasil.

Mia, a protagonista, é uma adolescente feliz e protegida pelos pais (Joshua Leonard e Mireille Enos, atriz conhecida pela série "The Killing"), que estimulam a paixão da jovem pelo violoncelo, instrumento no qual ela é uma virtuose, até o acidente que acaba com a família ideal. No leito de um hospital, a jovem tem uma experiência fora do corpo durante o coma, enquanto luta pela sobrevivência.

Forman explicou durante uma entrevista recente em Los Angeles que a história foi inspirada em uma tragédia que a afetou de perto. "Um casal de amigos e os dois filhos morreram em um acidente terrível. Um dos meninos sobreviveu durante algum tempo. A imagem dele no hospital, quando toda a família havia falecido, me marcou durante muito tempo", disse.

Menina precoce Moretz, de 17 anos, admitiu à imprensa que tem coisas em comum com a personagem, como a vocação precoce por sua paixão.  "Quando tinha cinco anos, meu irmão frequentava uma escola de artes dramáticas e me ajudava a ensaiar. Virei uma menina rara, que memorizava monólogos de Shakespeare". "Lembro que perguntei a minha mãe e meu irmão se poderia fazer isto por toda a vida", completou. Os dois se tornaram os representantes da atriz mirim. "Minha família é muito parecida (com a de Mia). Me apoiam muito, é genial", disse a jovem loura de belos olhos verdes.

A jovem, com corpo de modelo mas conserva o olhar de criança, admite que sua infância não foi convencional, mas destaca que há 10 anos sua melhor amiga é a mesma pessoa. A atriz teve o primeiro papel de destaque aos sete anos, na série de televisão "The Guardian". Já trabalhou com diretores renomados, como Martin Scorsese em "A Invenção de Hugo Cabret" (2011) ou Tim Burton em "Sombras da Noite" (2012).

Também teve participações em filmes cultuados, como "(500) Dias com Ela", "Kick-Ass" e "Deixe-me Entrar" (a versão americana do sueco "Deixe Ela Entrar").  "Por muitas razões, sou uma alma antiga. Ainda menina entendia mais aspectos da vida que outros colegas da mesma idade", afirma a atriz, que chegará aos cinemas em breve com "O Protetor", ao lado de Denzel Washington, e "Dark Places", com Charlize Theron.

Assista ao trailer:



Bookmark and Share