Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 29/08/2014
  • 20:08
  • Atualização: 20:21

Filosofia atual ganha destaque no Caderno de Sábado

Artigos do suplemento abordam trabalho na área em tempos digitais

Caderno de Sábado fala sobre a filosofia em tempos digitais | Foto: Reprodução CP

Caderno de Sábado fala sobre a filosofia em tempos digitais | Foto: Reprodução CP

  • Comentários
  • Luiz Gonzaga Lopes / Correio do Povo

Ainda é possível filosofar nos dias de hoje. O coordenador editorial do Caderno de Sábado, Juremir Machado da Silva, pergunta no artigo "Filosofia em Tempos Digitais" se é possível filosofar pelas ruas da cidade como faziam os gregos na polis?". Como vai a filosofia nestes tempos digitais, nas universidade ou fora delas, nos jornais, a abordagem pela mídia. Ela está chegando à população? Ela é atual? Ela se insere na vida pública? Estas e outras perguntas são respondidas ou recebem as divagações e asserções dos especialistas convidados pelo Caderno de Sábado para abordar o tema. São eles, além de Juremir, Márcia Tiburi, Draiton Gonzaga de Souza, Francisco Rüdiger e Norman Madarasz.

Além deste tema, o Caderno de Sábado também aborda a agenda do final de semana, com destaque para três eventos: a apresentação do Grupo Corpo no Teatro do Sesi, no sábado e domingo, que conta com uma entrevista de Luiz Gonzaga Lopes com o coreógrafo Rodrigo Pederneiras. O lançamento do primeiro livro do escritor porto-alegrense Luis Dill pela editora Rocco, "Safári", recebe análise e entrevista de Luiz Gonzaga e o CS também destaca as duas últimas apresentações da ópera "Tosca", de Giacomo Puccini, em formato de concerto, sábado e domingo, no Theatro São Pedro, além de uma matéria da repórter Cintia Marchi sobre a doação de cerca de 300 assentos do Beira-Rio e do Olímpico para o Complexo Multipalco do Theatro São Pedro.

Bookmark and Share