Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

  • 05/06/2017
  • 17:00
  • Atualização: 17:28

13º Fantaspoa chega ao fim e anuncia os vencedores da edição

Festival aconteceu de 19 de abril a 4 de junho em dois locais de Porto Alegre

"Terra e Luz", de Renné França, ficou com o troféu de melhor filme pelo júrio oficial | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A 13ª edição do Fantaspoa chegou ao fim neste final de semana contabilizando um público de nove mil espectadores em suas atividades e revelando os vencedores dos prêmios em disputa. No encerramento, que ocorreu na Cinemateca Capitólio, "Terra e Luz", do cineasta e professor do curso de cinema e audiovisual do Instituto Federal de Goiás (IFG) Renné França, ficou com o troféu de melhor filme pelo júri oficial. Na competição Internacional, o prêmio máximo foi entregue a "Jogo da Morte", dos canadenenses Sebastien Landry e Laurence Morais.

Neste ano, o evento apresentou mais de 120 filmes curtas e longas-metragens e trouxe a Porto Alegre mais de 65 convidados e reuniu alguns dos mais talentosos e promissores profissionais da sétima arte da atualidade, criando um rico ambiente de troca de informações e experiências e de estabelecimento de contatos. Na segunda metade de julho, o Cine Santander Cultural receberá a mostra "Fantaspoa Revisitado", uma oportunidade para o público assistir à maioria dos filmes premiados nesta edição

Confira os vencedores:

Prêmios do júri oficial:

Curtas-Metragens (jurados Fabián Forte e Emiliano Romero)

Melhor Curta Nacional: "O Pequeno Pé-Grande", de Leo Bello.

Menção Honrosa: "Aspirina para Dor-de-Cabeça", Philippe Bastos.

Melhor Curta de Animação Internacional: "The Absence of Eddy Table", de Rune Spaars.

Menção Honrosa: "The Servant", de Farnoosh Abedi.

Melhor Curta em Live-Action Internacional: "Aquabike", de Jean-Baptiste Saurel.

Menção Honrosa: "Dark_Net", de Tom Marshall.

Mostra Ibero-Americana (jurados Ignácio López Vacas e Norbert Keil):

Melhor Filme: "Terra e Luz, de Renné França.

Melhor Direção: Gabriel Grieco, por "Hipersomnia".

Melhor Roteiro: "1974: A Possessão de Altair", roteirizado por Victor Dryere.

Melhor Atriz: Cecilia Cartasegna, por "Clementina".

Melhor Ator: Javier Bódal, por "A Noite do Virgem".

Competição Internacional (jurados André Kleinert e Diego Faraone):

Melhor Filme: "Jogo da Morte", de Sebastien Landry e Laurence “Baz” Morais.

Melhor Direção: Alice Lowe, por "Prevenge".

Melhor Atriz: Amanda Fuller, por "Fashionista".

Melhor Ator: Tim Haars, por "Ron Goossens, Dublê de Baixo Orçamento".

Melhor Roteiro: Robert Bolesto, por "The Lure".

Melhor Direção de Arte: Jeff White, por "Dave Fez um Labirinto".

Melhores Efeitos Especiais: "The Void", dirigido por Jeremy Gillespie, Steven Kostanski.

Menção Honrosa por Melhor Banho de Sangue: "Hoje à Noite Ela Virá", de Matt Stuertz.

Menção Honrosa por Contribuição Artística: "Sem Nome", de Lorcan Finnegan.

Menção Honrosa por Contribuição Humanista: "Vovó Está Dançando na Mesa", de Hanna Sköld.

Prêmios de Público:

Melhor Curta Nacional: "Ruanita", de Fernando Sanches

Melhor Curta de Animação Internacional: "The Servant", de Farnoosh Abedi

Melhor Curta em Live-Action Internacional: "Dark_Net", de Tom Marshall

Melhor Longa-Metragem: "Dave Fez um Labirinto", de Bill Watterson