Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

  • 14/06/2017
  • 14:35
  • Atualização: 14:39

Cinemateca Capitólio exibe obras selecionadas no Festival Finos Filmes

Sessões gratuitas acontecem nesta quinta-feira, a partir das 20h

"Lúcida", de Fábio Rodrigo e Caroline Neves, é um dos curtas brasileiros | Foto: PMPA / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Cinemateca Capitólio Petrobras (Demétrio Ribeiro, 1085), em Porto Alegre, recebe nesta quinta-feira uma sessão especiail com obras selecionadas do IV Festival Finos Filmes, mostra anual que ocorre em São Paulo. Com diversos curta brasileiros inéditos na Capital, a programação tem entrada gratuita, às 20h Após as exibições, acontece debate com os curadores Bruno Carboni e Felipe Arrojo Poroger.

O Festival de Finos Filmes é uma mostra de curtas que ocorre anualmente em São Paulo. Mais do que um evento de exibição, a intenção é apresentar os filmes como ponto de partida para debates que ultrapassam o cinema, como política, habitação e direitos humanos. Em todas as edições, o festival homenageia a cinematografia de um país estrangeiro. Neste ano, o escolhido é Portugal, que trouxe ao evento diversos curtas premiados em Cannes, Berlim e Locarno, de cineastas renomados como Gabriel Abrantes, Manuel Mozos e Susana Nobre.

Confira a programação:

Quinta-feira, 20h:

"O Delírio é a Redenção dos Aflitos" - de Fellipe Fernandes (2016, 21')

Raquel é a última moradora de um edifício condenado e ela precisa se mudar o mais rápido possível para salvar sua família.

"Fotograma" - de Luis Henrique Leal e Caio Zatti (2016, 9')

Uma mulher negra caminha por um bairro de classe média alta no Recife, Brasil. Um muro e duas câmeras de segurança a separam de um condomínio de luxo. "Fotograma" disseca esta imagem cotidiana, buscando pensar suas inscrições históricas. Imagens da cultura e inscrições da barbárie.

"Estacionamento "- de William Biagioli (2016, 15')

?Jean é um imigrante haitiano que veio para o Brasil. Para sobreviver, ele arruma emprego em um estacionamento de carros e passa a viver lá. Jean descobrirá que essa rotina pode ser enlouquecedora.?

"Lúcida" - de Fábio Rodrigo e Caroline Neves (2015,16')

Filme que retrata realidade das mães na periferia.

"Comissão de vendas" - de Miguel Ramos (2016, 17')

A venda, o sonho e a guerra. Porque crise é para os fracos.<