Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Abril de 2018

  • 05/01/2018
  • 15:08
  • Atualização: 16:04

BAFTA revela nomeados ao Troféu de Estrela em Ascensão

Cerimônia de premiação ocorre no dia 18 de fevereiro, em Londres

Timothée Chalamet, de

Timothée Chalamet, de "Call Me By Your Name", é um dos favoritos ao prêmio | Foto: Valerie Macon / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A organização do British Academy Film Awards, considerado a versão britânica do Oscar, revelou os primeiros concorrentes em 2018. O célebre prêmio, que em sua 71ª edição ocorre no dia 18 de fevereiro, anunciou os nomeados ao Rising Star Award (Troféu Estrela em Ascensão), que reconhece novos nomes na indústria cinematográfica. Timothée Chalamet (22 anos), Daniel Kaluuya (28), Florence Pugh (22), Josh O'Connor (27) e Tessa Thompson (34) são os indicados na categoria que, no ano passado, teve Tom Holland, de "Homem-Aranha: De Volta ao Lar", como vencedor.

Chalamet é o grande favorito ao prêmio. Em 2017, protagonizou "Me Chame pelo Seu Nome", aclamado drama inspirado o livro homônimo de André Aciman. Ele já venceu 18 prêmios de 24 nomeações (quatro ainda não aconteceram), incluindo importantes distinções como o New York Film Critics Awards, Los Angeles Film Critics Association Awards e Hollywood Film Awards. O norte-americano de origem francesa concorre ainda ao prêmio de "Melhor ator em um Filme Dramático" no Globo de Ouro. No longa, ele vive Elio, um italiano de 17 anos que se apaixona por Oliver, hóspede de verão na casa de seus pais na Riviera Italiana, em 1983. O jovem então embarca numa viagem de autoconhecimento, na qual descobre as dores de um amor repentino mas intenso. O norte-americano também está em "Lady Bird", outra obra bastante elogiada pela crítica.

Na sua cola está Kaluuya, estrela do aclamado "Corra!", uma sátira sombria sobre o racismo na sociedade contemporânea, que venceu o prêmio de melhor filme e roteiro original da Associação de Críticos de Cinema Online e liderou as nomeações ao Gotham Awards. Na trama, ele vive Chris Washington, um fotógrafo que faz uma faz uma viagem com sua namorada ao local onde a família dela mora. Lá, ele é recebido com muito carinho, amor e sorriso, mas, com o passar do tempo, o rapaz descobre um segredo sobre aquelas duas pessoas que vão se mostrando completamente diferentes da rimeira impressão. O longa, assim como o britânico, também concorrem a "Melhor Filme - Comédia e musical" e "Melhor ator em um Filme de Comédia ou Musical" no Globo de Ouro.

Florence foi a personagem principal de "Lady MacBeth". No longa-metragem, a inglesa interpreta Katherine, que está presa a um casamento de conveniência com Boris Macbeth (Christopher Fairbank). A jovem agora se vê integrante de uma família sem amor. É só quando ela embarca em um caso extraconjugal com um trabalhador da propriedade do marido que as coisas começam a mudar, incluindo uma série de assassinatos. O filme é uma adaptação do romance "Lady Macbeth do Distrito de Mtsensk", do escritor russo Nikolai Leskov.

Em 2017, Josh O'Connor viveu o protagonista do "God's Own Country", Johnny. Na história, o personagem tem 25 anos e cuida da fazenda de sua família em Yorkshire, Inglaterra. Ele abriu mão da universidade ou de um emprego para trabalhar para seu pai, Martin, e sua avó. À noite, ele afoga suas frustrações em bebedeiras e sexo casual com outros homens. Quando Martin decide contratar o imigrante romeno Gheorghe para ajudar o filho na fazenda, Johnny se ressente por acreditar que consegue dar conta de tudo sozinho. Mas logo seu novo companheiro irá mostrar que entende do trabalho rural e, sobretudo, de suas angústias.

Fechando a lista está Tessa, que foi vista no blockbuster "Thor: Ragnarok" como uma guerreira Asgardiana resistente baseada no ser mitológico Brynhildr, que já foi membro das tropas de elite de Odin (Anthony Hopkins) e agora trabalha como o caçadora de recompensas SR-142 para Grandmaster enquanto se esconde em Sakaar. As nomeações às demais categoria do BAFTA serão reveladas no dia 9 de janeiro.


TAGS » Cinema, Variedades, Bafta