Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 21 de Outubro de 2017

  • 29/05/2017
  • 14:43
  • Atualização: 14:54

Exposição em Porto Alegre explora o universo da arte naïf

Mostra tem visitação gratuita no Margs até o dia 16 de julho

Adelaide Tomaseli é uma das artistas que compõem a mostra | Foto: Reprodução / CP

Adelaide Tomaseli é uma das artistas que compõem a mostra | Foto: Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Pça da Alfândega, s/nº), em Porto Alegre, apresenta ao público a mostra "Traço Solto: trânsitos da arte naïf no acervo do MARGS", explorando a visão da arte em seus diferentes sentidos e liberdades de interpretações. A exposição, com curadoria de Carolina Bouvie Grippa, tem visitação até o dia 16 de julho, das 10 às 19h, com entrada gratuita.

A exposição parte do significado de arte naïf (arte ingênua), termo dado a obras realizadas por artistas que não possuem um conhecimento acadêmico de arte. O termo foi usado pela primeira vez como um elogio à obra de Henri Rousseau (1844 – 1910), artista autodidata, que tinha o pintar como um passatempo. Seus trabalhos chamaram a atenção de artistas modernos, como Pablo Picasso, Paul Gauguin e Robert Delaunay, entre outros, devido à liberdade da composição, à ingenuidade do traço e aos temas cotidianos, pintados sem nenhum compromisso com a rigorosa técnica profissional, dando frescor e peculiaridade às suas telas.

A mostra surge para discutir os trânsitos existentes do que se apresenta como naïf e obras modernas e contemporâneas que, de alguma maneira, evocam esse universo. Assim, foram selecionadas obras de 21 artistas do acervo do MARGS para compor um diálogo entre artistas reconhecidos como naïf e outros que tiveram educação artística formal. Entre eles, há nomes como Tarsila do Amaral, Cícero Dias e Maria Di Gesu. As técnicas das obras são variadas, compostas por gravuras, óleos e esculturas.