Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 21 de Outubro de 2017

  • 03/10/2017
  • 07:24
  • Atualização: 12:22

Família confirma a morte de Tom Petty

Roqueiro foi encontrado inconsciente em casa, em Malibu

Fãs prestam homenagem ao cantor na calçada da fama em Hollywood | Foto: Rick Diamond / Getty Images North America / AFP / CP

Fãs prestam homenagem ao cantor na calçada da fama em Hollywood | Foto: Rick Diamond / Getty Images North America / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O roqueiro Tom Petty morreu nesta segunda-feira, aos 66 anos, após sofrer um ataque cardíaco, anunciou sua família por meio do site do cantor, horas após sua internação em um hospital da região de Malibu. "Em nome da família, estamos desolados ao anunciar a prematura morte do nosso pai, marido, irmão, líder e amigo Tom Petty".

Petty, que ficou conhecido por sucessos como "American Girl", "Don't Come Around Here No More" e "I Won't Back Down", havia concluído na semana passada uma turnê para marcar os 40 anos de sua banda, The Heartbreakers. O site TMZ, especializado em celebridades, informou durante o dia que Petty foi encontrado inconsciente e sem pulso em sua casa em Malibu, no domingo. Não tinha atividade cerebral quando chegou ao hospital "e tomaram a decisão de desconectar os aparelhos que o mantinham artificialmente com vida", revelou o TMZ. Fãs prestaram homenagem ao cantor na calçada da fama, em Hollywood.

Posteriormente, uma das filhas do roqueiro, a artista Annakim Violette Petty, afirmou que ele permanecia vivo no hospital, apesar de seu estado grave. Citando o TMZ, a revista Rolling Stone publicou o obituário de Petty, com uma declaração da lenda do rock Bob Dylan, que tocou com ele no Traveling Wilburys, e foi repreendida por Annakim Violette.