Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Julho de 2017

  • 10/07/2017
  • 15:43
  • Atualização: 16:30

Morre, aos 69 anos, a escritora Elvira Vigna

Autora lutava contra um carcinoma micropapilar invasivo desde 2012

Escritora deixa três livros inédito | Foto: Kraw Penas / Comunicação Seec / Divulgação / CP

Escritora deixa três livros inédito | Foto: Kraw Penas / Comunicação Seec / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AE e Correio do Povo

A escritora Elvira Vigna morreu nesta segunda-feira, aos 69 anos. A notícia foi confirmada pela família na página da autora no Facebook. Ela lutava contra um carcinoma micropapilar invasivo, diagnosticado em 2012. Segundo a nota, ela não quis que sua doença viesse a público por saber que se isso acontecesse seria excluída de atividades profissionais que dependessem de convite.

A escritora nasceu no dia 29 de setembro de 1947, no Rio de Janeiro e sua vasta produção literária inclui as obras "Como Se Estivéssemos em Palimpsesto de Putas" (2016), "Por Escrito" (2014) e "O Que Deu Para Fazer em Matéria de História de Amor" (2012). A estreia de Elvira no romance foi em 1988, com "Sete Anos e Um Dia" (José Olympio).

Entre os prêmios que recebeu ao longo da carreira estão o da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) de Melhor Romance 2016. Ela também foi finalista do Prêmio Jabuti e do Oceanos. Conforme o comunicado, ela deixa três livros inéditos.