Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 27 de Maio de 2017

  • 22/04/2017
  • 09:30
  • Atualização: 09:31

Ciclista campeão da Volta da Itália em 2011 morre atropelado durante treino

Michele Scarponi foi atingido por uma van em um cruzamento

Michele Scarponi foi atingido por uma van  | Foto: Luk Benies / AFP / CP

Michele Scarponi foi atingido por uma van | Foto: Luk Benies / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O ciclista italiano Michele Scarponi, vencedor do Giro de Itália em 2011, morreu nesta sábado, aos 37 anos, ao ser atropelado por uma van durante um treinamento com sua bicicleta, anunciou a equipe Astana. "Nosso corredor Michele Scarponi morreu esta manhã quando treinava com sua bicicleta perto de sua casa em Filottrano (centro da Itália). Michele foi atropelado por uma van em um cruzamento", informa a equipe de ciclismo em um comunicado. "Perdemos um grande campeão e um grande homem, que sorria em qualquer situação. Foi uma referência para todos dentro da equipe Astana", completa a nota da equipe.

Scarponi, 37 anos, se preparava para o Giro, que começa em 5 de maio. Com a ausência por lesão de Fabio Aru, ele deveria ser o líder da equipe Astana nesta prova. "Imensa tragédia. Não há palavras. Descansa em paz meu amigo", escreveu Aru no Twitter. "Não sei, não posso. Não tenho palavras, meu amigo...", afirmou Vicenzo Nibali, vencedor do Tour de France em 2014 e do Giro em 2016, auxiliado por Scarponi.

Profissional desde 2002, pai de gêmeos, Scarponi se destacava nas subidas e foi campeão da prova italiana em 2011 após a desclassificação do espanhol Alberto Contador por doping. "Paralisado e sem palavras com a notícia sobre o atropelamento de Scarponi, grande pessoa e sempre com um sorriso contagioso. D.E.P amigo", escreveu Contador no Twitter.

O próprio Scarponi foi suspenso por doping entre 2007 e 2008. De acordo com o jornal Il Resto del Carlino, o acidente teria sido provocado por uma recusa de prioridade no trânsito. O motorista do veículo envolvido na tragédia teria afirmado que não viu Scarponi. A morte do campeão italiano recorda os perigos que os ciclistas correm durante os treinamentos em todo o mundo.


TAGS » Esporte, Ciclismo