Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

  • 04/09/2014
  • 14:02
  • Atualização: 15:55

Punição ao Grêmio é absurda, diz Tarso Genro

Governador ainda criticou a exposição que a torcedora Patrícia Moreira vem sofrendo

Tarso Genro diz que punição ao Grêmio  é absurda | Foto: Tarsila Pereira

Tarso Genro diz que punição ao Grêmio é absurda | Foto: Tarsila Pereira

  • Comentários
  • Correio do Povo

O governador do Estado, Tarso Genro, se manifestou no Twitter na tarde desta quinta-feira sobre a exclusão do Grêmio da Copa do Brasil por conta do caso de racismo contra o goleiro Aranha. Tarso chamou a punição ao clube de absurda e condenou a exposição que a torcedora Patrícia Moreira vem sofrendo.

• Gremista admite injúria, mas diz que foi "no embalo da torcida"

“Sou colorado, mas punir uma comunidade esportiva em abstrato como racista, pelo erro de uma pessoa - uma jovem desorientada - é um absurdo. E 'de mais a mais' é uma péssima forma de combater o racismo, que é uma atitude abjeta”, escreveu o governador.

“Quem cometeu um erro, não deveria ser exposta desta forma, já 'julgada' racista. Isso é erro grave, como qualquer discriminação racial”, completou.

Além de excluir o Grêmio da Copa do Brasil, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) também proibiu os cinco torcedores identificados nas imagens ofendendo Aranha de entrar em qualquer praça desportiva onde o clube atue pelo período de dois anos. O Tricolor ainda foi punido em R$ 50 mil pelo caso de injúria racial e mais R$ 4 mil pelo atraso na entrada de campo e pelo arremesso de um rolo de papel higiênico no gramado da Arena.



Bookmark and Share