Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 05/07/2014
  • 13:09
  • Atualização: 13:11

Dilma envia cartas a Neymar e à Seleção Brasileira

Presidente assinou carta como fã número um do time canarinho

  • Comentários
  • Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff enviou neste sábado carta ao atacante brasileiro Neymar que teve uma fratura na terceira vértebra lombar depois de ser atingido por uma joelhada nas costas durante o jogo de sexta-feira contra a Colômbia. Com a lesão, Neymar está fora do Mundial.

Vídeo mostra jogadores confortando Neymar
Comitê da Fifa investigará lance da lesão de Neymar
Após tirar Neymar da Copa, Zúñiga afirma: “Não quis fazer mal a ele”

A presidente diz na carta que a dor sentida pelo jogador, no gramado da Arena Castelão, em Fortaleza, "feriu o coração de todos os brasileiros, mas destaca a força do atacante como a de “um grande guerreiro que não se deixa abater, mesmo ferido”.

Dilma diz que Neymar interrompe brevemente sua marcha, mas afirma que ele “já deixou sua marca insuperável na batalha vitoriosa que trava a nossa Seleção”. Ela finaliza dizendo que, mais rápido do que se imagina, ele estará de volta, “enchendo nossa alma de alegria e nossa história de sucessos.

Em outra carta enviada aos jogadores e à comissão técnica, Dilma diz que ela e todo o Brasil estão acompanhando, com empolgação, a “grande campanha” da seleção. “Mais uma vez, demonstram talento, garra, espírito de luta e capacidade de superação – o que, inclusive, vai ajudar a compensar o grande desfalque causado pela contusão do nosso querido Neymar.”

Para Dilma, “todo o Brasil já se sente vitorioso, porque além de estarmos realizando a Copa das Copas, temos a mais linda e aguerrida seleção da disputa”. A presidente encerra a carta destinada aos jogadores e à comissão técnica com palavras de incentivo e assinando como “Sua fã Número Um”. “Como nunca, estão fazendo nossos corações baterem em um só ritmo e nossas gargantas emitirem uma só voz de alegria e esperança. Avante, porque o principal já foi feito!”, diz a carta.

Bookmark and Share