Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 08/07/2014
  • 12:51
  • Atualização: 12:54

Após escândalo, Fifa anuncia que Whelan segue atuando na Copa

Diretor-executivo da empresa Match foi preso suspeito de integrar quadrilha de cambistas

Após escândalo, Fifa anuncia que Whelan segue atuando na Copa   | Foto: Tasso Marcelo / AFP / CP

Após escândalo, Fifa anuncia que Whelan segue atuando na Copa | Foto: Tasso Marcelo / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

A Fifa anunciou que o diretor-executivo da empresa Match, Raymond Whelan, suspeito de fazer parte da quadrilha de cambistas envolvendo o caso da venda de ingressos ilegais na Copa do Mundo no Brasil, continuará trabalhando normalmente durante o Mundial e que a entidade máxima do futebol não tomará nenhuma medida até que as investigações tenham um desfecho.

O britânico foi preso no último domingo, quando estava hospedado no hotel Copacabana Palace, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro. Raymond Whelan foi detido com 84 ingressos e foi acusado de fazer parte da rede de cambistas em parceria com Mohamadu Fafana, pessoa no qual o britânico tinha mais de 600 ligações em seu aparelho celular.

Raymond Whelan foi solto na manhã desta terça-feira, ao conseguir um Habeas Corpus concedido pela desembargadora de plantão Marília Castro Neves Vieira. Apesar do claro envolvimento com o caso relacionado aos ingressos, o britânico é responsável na empresa Match por acomodações, ou seja, pela parte de hotelaria da empresa.

A empresa Match é a encarregada pela Fifa de vender os pacotes de 'luxo', que incluem camarotes nos estádios, áreas vip e afins. As investigações sobre o caso continuam, mas a Fifa declarou que não caçará a credencial do funcionário da Match, até que o caso tenha uma resolução. Como a Copa do Mundo está em sua reta final, faltando apenas uma semana para o término, tudo indica que Raymond Whelan continuará exercendo suas funções normalmente até o fim da competição.

Bookmark and Share


TAGS » Esporte, Fifa, Copa 2014