Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 08/07/2014
  • 20:17
  • Atualização: 20:45

Alemanha diz que aproveitou pressão sobre o Brasil

Atacante e técnico da seleção alemã ressaltaram controle sobre a equipe de Felipão no Mineirão

Alemanha diz que aproveitou pressão sobre o Brasil | Foto: Jefferson Bernardes / Vipcomm / CP

Alemanha diz que aproveitou pressão sobre o Brasil | Foto: Jefferson Bernardes / Vipcomm / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A pressão sobre o Brasil foi um 12º jogador da Alemanha nesta terça-feira, na humilhante derrota por 7 a 1, pela semifinal da Copa do Mundo. A estratégia de usar o fator psicológico foi revelada pelo técnico Joachim Löw e o atacante Toni Kroos.

• Felipão “Foi uma derrota horrível”
• David Luiz pede desculpas

“Eles têm grandes jogadores e tinham muita pressão em seus ombros. Sentimos que toda a Copa eles não jogaram no seu melhor desempenho”, avaliou Kroos, autor de dois gols no Brasil e eleito melhor em campo. “Não permitimos que chegassem ao seu melhor jogo para que se tornassem perigosos”, concluiu.

Löw lembrou da eliminação da Alemanha na Copa de 2006, quando a Copa foi lá, em sua entrevista coletiva. “Aprendemos ao perder contra a Itália. Todo mundo quer que a você quer que chegue à final. Perdemos em 2006 no minuto 119. Sabemos como Scolari e a Seleção Brasil estão se sentindo”, contou Löw, que à época era auxilixar técnico da equipe.

O treinador revelou que o grupo manteve a seriedade no intervalo, apesar de acreditar que a vitória já estava garantida. “Não foi uma euforia desenfreada. Logicamente todos estavam felizes e satisfeitos e sentimos no intervalo que o resultado já representava a nossa vitória”, afirmou. “Quando o Brasil quis mostrar uma reação, a gente ainda controlava o jogo”, lembrou. “Mas mesmo com a felicidade a gente não perdeu a noção da realidade.”

Bookmark and Share