Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 10/07/2014
  • 10:42
  • Atualização: 10:55

Imprensa destaca atuação de Romero na classificação da Argentina

Jornais chamaram goleiro de herói e o compararam a Goycochea

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os jornais argentinos desta quinta-feira destacaram a atuação brilhante do goleiro Romero na disputa de pênaltis entre Argentina e Holanda, que terminou com a classificação da seleção portenha para a final do próximo domingo contra a Alemanha.  

O Diário Olé relata que a seleção da Argentina correu para a glória depois que Maxi Rodríguez acertou a última cobrança contra o goleiro Cillensen. De acordo com o jornal, o goleiro Romero se transformou em um Goycochea da era moderna, lembrando o arqueiro argentino que fez sucesso no começo da década de 90 e também colaborou para que os argentinos chegassem à final da Copa de 90, também contra a Alemanha.

A edição do jornal Clarín exalta Romero como herói de mais uma façanha da Argentina em Copa do Mundo. Além disso, o periódico destacou a festa de um 9 de julho inesquecível para a torcida, que fez muita festa na capital Buenos Aires. "Com uma atuação notável de Romero, o time de Alejandro Sabella fez 4 a 2 nos pênaltis e está na final do Mundial", relatou.

Para o site da TycSports, Romero foi um gigante. "Sergio Romero se transformou no grande salvador na cobrança de penalidades e empurrou o elenco de Sabella para uma final histórica, depois de 24 anos de espera", descreveu.

Argentina pelo mundo    

O Daily Mail, da Inglaterra, afirma que o sonho da Argentina em conquistar a Copa do Mundo está vivo graças à atuação de Romero. O jornal inglês ainda afirma que o pesadelo do Brasil se tornou verdade, com a passagem dos hermanos para a final contra a Alemanha.

O espanhol Marca afirmou que a Argentina chegou à final tão sonhada e além de exaltar a atuação de Romero, chamou Javier Mascherano de chefe da grande área por sua atuação nos 120 minutos da partida contra a Holanda.

Na Alemanha, o jornal Bild deu boas vindas à Argentina depois da classificação para a final, mas fez uma provocação. "Enquanto a Alemanha encantou o mundo com um futebol sensacional, Argentina e Holanda apresentaram 120 minutos de puro horro", relatou o periódico. 

Bookmark and Share