Correio do Povo

Porto Alegre, 29 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
15º 23º


Faça sua Busca


Esportes

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

10/07/2014 11:38 - Atualizado em 10/07/2014 11:46

Fifa rejeita apelação pela suspensão do uruguaio Suárez

Atacante está impedido de disputar nove partidas oficiais pela Celeste, entre outras punições

Suspenção ocorreu após mordida no italiano Giorgio Chiellini<br /><b>Crédito: </b> Javier Soriano / AFP / CP
Suspenção ocorreu após mordida no italiano Giorgio Chiellini
Crédito: Javier Soriano / AFP / CP
Suspenção ocorreu após mordida no italiano Giorgio Chiellini
Crédito: Javier Soriano / AFP / CP

A Fifa rejeitou as apelações contra a punição aplicada ao atacante uruguaio Luis Suárez, que foi suspenso por nove partidas oficiais da seleção e por quatro meses de qualquer atividade relacionada ao futebol após a mordida no italiano Giorgio Chiellini.

"A Comissão de Apelação da Fifa decidiu rejeitar as apelações apresentadas pelo jogador uruguaio Luis Suárez e a Associação Uruguaia de Futebol (AUF) e confirmar a decisão adotada pela Comissão Disciplinar da Fifa em 25 de junho de 2014 em sua totalidade", afirma a entidade em um comunicado. A Fifa informou ainda que Suárez e a AUF foram notificados sobre a rejeição às apelações.

O atacante uruguaio, de 27 anos, recebeu a punição severa depois de morder o zagueiro italiano Chiellini durante a partida da fase de grupos do Mundial em que o Uruguai venceu a Itália por 1-0. A Celeste avançou às oitavas de final, mas foi eliminada nesta fase pela Colômbia (2-0). Além da suspensão, o jogador do Liverpool terá que pagar uma multa de 112 mil dólares.


Bookmark and Share


Fonte: AFP





» Tags:Futebol Esporte Fifa

O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.