Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

  • 11/07/2014
  • 14:40
  • Atualização: 14:53

Presidente eleito da CBF apoia Felipão e Marin diz que decisão sai depois da Copa

Treinador pode seguir no comando da Seleção após vexame contra Alemanha

  • Comentários
  • Lancepress

O presidente eleito da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, afirmou nesta sexta-feira que, por ele, o técnico Luiz Felipe Scolari deve seguir no comando da Seleção Brasileira. Segundo Del Nero, que assume o cargo em abril do próximo ano, Felipão cometeu apenas um “erro tático” contra a Alemanha. Já Marin diz que a decisão sobre a permanência da comissão técnica só irá ocorrer após a Copa do Mundo.

“Por mim, ele fica. O que aconteceu foi um erro tático. Esse foi o problema. Mas todos nós erramos. Isso acontece com qualquer um. O importante é que o trabalho foi bem feito. A campanha e a preparação foram boas. A base existe”, disse Del Nero no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, ao site do Estadão.

No comando da CBF até abril de 2013, Marin disse que só começará a pensar em mudanças na comissão técnica da Seleção Brasileira a partir da próxima semana. “Ainda vamos estudar se o Felipão vai continuar. Começaremos a decidir isso logo assim que a Copa do Mundo acabar, já na segunda-feira. Até lá, não sei dizer se haverá mudanças no comando”, comentou.

O tempo curto para a troca de comando técnico pode contribuir para a permanência de Felipão pelo menos até o fim deste ano. O primeiro amistoso depois da Copa do Mundo será no dia 5 de setembro, contra a Colômbia, em Miami.

Entre técnicos brasileiros, Tite é o primeiro nome na lista para o lugar de Felipão. Mas há uma corrente dentro da entidade que “buzina” nos ouvidos do ainda presidente José Maria Marin e de Del Nero a contratação de um técnico estrangeiro visando à Copa de 2018, na Rússia.

A CBF terá de tomar uma decisão a partir de sábado, dia da disputa de terceiro lugar. O staff de Felipão diz que o técnico mantém o discurso de cumprir o contrato até o fim da Copa e depois descansar.

Para encerrar a sua participação an Copa do Mundo, o Brasil enfrenta a Holanda neste sábado, às 17h, no Mané Garrincha (DF).

Bookmark and Share