Porto Alegre, domingo, 26 de Outubro de 2014

  • 11/07/2014
  • 17:14
  • Atualização: 17:18

"Brasileiros devem se orgulhar do sucesso da Copa", diz presidente do COI

Thomas Bach classificou a Vila Olímpica que está sendo construída no Rio de Janeiro como “fantástica”

Presidente do COI afirmou que organização da Copa do Mundo recebeu o reconhecimento de todo o mundo | Foto: Elza Fiuza / Agência Brasil / CP

Presidente do COI afirmou que organização da Copa do Mundo recebeu o reconhecimento de todo o mundo | Foto: Elza Fiuza / Agência Brasil / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

Após uma série de críticas feitas nos últimos meses aos atrasos nas obras para as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse nesta sexta-feira, depois de audiência com a presidenta Dilma Rousseff, que está satisfeito com o andamento do cronograma. Bach elogiou também o sucesso da Copa do Mundo no Brasil.

“Pudemos constatar que os preparativos já avançaram bastante, após minha visita à presidenta [Dilma] Rousseff, poucos meses atrás, e agradecemos o nítido compromisso da presidenta com o sucesso dos Jogos, ao dizer que o sucesso deles será uma grande prioridade para seu governo a partir de segunda-feira”, disse o presidente do COI.

A dois dias da final da Copa do Mundo, Bach disse que os brasileiros devem se orgulhar do sucesso do Mundial. “Quero parabenizar o Brasil pela formidável organização da Copa do Mundo. O Brasil e os brasileiros podem se orgulhar da organização que fizeram, que está sendo reconhecida em todo o mundo. Temos a absoluta certeza de que, daqui a dois anos, teremos um excelente evento olímpico no Brasil e no Rio de Janeiro”, disse.

Depois de visitar na quinta-feira as obras no Rio de Janeiro, Thomas Bach classificou a Vila Olímpica de “fantástica”. “Ali será o coração das Olimpíadas, o coração do Brasil, nesses dias de Jogos Olímpicos. O que posso dizer é que a Vila Olímpica está mesmo fantástica, ficamos muito empolgados com essa vila, o espaço que ela oferece, a vista que proporciona, a proximidade com o Parque Olímpico. Lá, como em vários outros [lugares], pudemos constatar grandes avanços”, afirmou.

Alemão, o presidente do COI foi político ao falar sobre a final da Copa do Mundo domingo, entre as seleções da Alemanha e da Argentina. “Vai ser uma grande final. Todo jogo começa 0 a 0. Se eu soubesse isso [o placar], ficaria rico. A expectativa é que presenciemos uma ótima partida, e o melhor time [vença] bem", disse Bach. Para ele, a seleção alemã terá uma boa torcida no estádio domingo,

Bookmark and Share