Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 17/08/2014
  • 17:53
  • Atualização: 18:13

Grêmio vence o Criciúma e sobe três posições no Brasileirão

Luan, de pênalti, e Lucas Coelhos marcaram na partida que marcou a estreia de Felipão na Arena

  • Comentários
  • Carmelito Bifano / Correio do Povo

O Grêmio venceu o Criciúma por 2 a 0, na tarde deste domingo, na Arena e subiu três posições no Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o tricolor gaúcho encerrou a série de três derrotas e chega aos 22 pontos, ocupando a oitava colocação. Luan, de pênalti, e Lucas Coelho anotaram os gols do Tricolor.  Vale lembrar, que o Grêmio  pode ser ultrapassado na 15ª rodada pelo Sport, que enfrenta o Atlético-PR, às 18h30min, na Ilha do Retiro.

Na próxima quinta-feira, o Grêmio enfrenta o Cruzeiro, às 20h30min, no Mineirão. Já o Criciúma vai até Salvador na quarta-feira, às 21h, enfrentar o Bahia. Os catarinenses ocupam a 14ª colocação, com 16 pontos.

O jogo

Sem poder contar com o suspenso Pará e com Barcos, com problemas nas costas, Felipão, que fez a sua estreia na Arena comandando o Grêmio, optou por colocar o experiente Zé Roberto na lateral esquerda e um time com três volantes. Apesar do rendimento inconstante durante o jogo, o Tricolor foi seguro defensivamente e marcou os três pontos.

Atuando em casa, o Grêmio partiu para o ataque logo após o início de jogo. Aos nove minutos, Dudu lançou Lucas Coelho dentro da área e foi derrubado por Gualberto. Pênalti. Luan assumiu a responsabilidade da cobrança, feito gente grande. O atacante bateu forte próximo ao ângulo direito superior e abriu o placar: Grêmio 1 a 0.

Porém, aos poucos, o Criciúma passou a dividir as ações ofensivas com o Tricolor.

Os comandados de Felipão voltaram a causar susto no Tigre catarinense aos 14 minutos em cobrança de falta de Fellipe Bastos. O volante bateu forte, a bola quicou dentro da área e Luiz fez a defesa. O Criciúma respondeu aos 22 min. Gualberto cabeceou entre os marcadores do Grêmio, mas a bola saiu fraca e desviada.

Com excelente movimentação de Fellipe Bastos e Dudu, além dos toques rápidos de Lucas Coelho, o Grêmio conseguia criar jogadas próximas ao gol do Criciúma, porém, tinha dificuldades para furar o bloqueio armado por Wagner Lopes.

O Criciúma tentou empatar aos 33 minutos. Silvinho arriscou um chute de fora da área, mas a bola saiu para fora, próximo ao poste direito de Marcelo Grohe. Mas os primeiros 45 terminaram 1 a 0.

Na segunda etapa, o Tricolor gaúcho partiu para cima do Criciúma. Aos dois minutos, Riveros recebeu passe na linha da grande área, driblou o marcador e chutou de bico, a bola passou próximo ao poste direito dos catarinenses.

Na saída de bola, Fellipe Bastos recuperou a bola no meio de campo e iniciou um rápido contra-ataque. O volante lançou Lucas Coelho, que driblou o marcador e chutou rasteiro no canto inferior direito de Luiz para ampliar. Grêmio 2 a 0.

Em maior desvantagem, o Criciúma foi ao ataque. Aos 11 minutos, João Vitor bateu falta próxima a grande área no ângulo esquerdo superior, obrigando Marcelo Grohe a saltar e espalmar pela linha de fundo. Dois minutos depois, Gustavo bateu rasteiro e cruzado. Marcelo Grohe fez outra boa defesa.

A reação gremista ocorreu com Fellipe Bastos, aos 18 minutos. O volante arriscou de fora da área um potente chute, porém, a bola passou rente ao poste direito de Luiz. No tempo restante, o Grêmio foi superior ao Criciúma, que seguiu sem conseguir superar o sistema defensivo armado por Felipão.

O Tricolor ainda perdeu a oportunidade de ampliar aos 45 minutos. Ramiro cruzou rasteiro, pelo lado direito de ataque, e Giuliano bateu de primeira para fora, debaixo do gol.

Brasileirão – 15ª rodada

Grêmio (2)
Marcelo Grohe; Matías, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto; Fellipe Bastos (Edinho), Ramiro, Riveros e Luan (Ronan); Dudu e Lucas Coelho (Giuliano).
Técnico: Felipão.

Criciúma (0)
Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Gualberto, Giovanni; Serginho (Ronaldo Mendes), Martinez, João Vitor e Paulo Baier (Wellington Bruno); Silvinho e Gustavo (Danilo Alves).

Técnico: Wagner Lopes.

Gols: Luan (10 min/1ºT), Lucas Coelho (3min/2ºT)
Cartões amarelos: Serginho e João Vitor (C) e Matías Rodriguez (G)

Público total: 28.288
Renda: R$ 1.104.274,00

Local: Arena, em Porto Alegre.
Árbitro: Wilton Sampaio (GO).
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence e Bruno Raphael Pires (GO).

Bookmark and Share