Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
13º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

20/08/2014 23:55 - Atualizado em 21/08/2014 01:16

São Paulo vence e encerra série de vitórias do Inter no Brasileiro

Paulo Henrique Ganso marcou o gol que acabou com a sequência após cinco vitórias

Aránguiz teve rendimento inferior aos últimos jogos na derrota para o São Paulo
Crédito: Fabiano do Amaral / CP

O São Paulo venceu o Inter por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no estádio Beira-Rio, e interrompeu a série de cinco vitórias do clube gaúcho. Com o resultado, o Colorado permanece na vice-liderança do Brasileirão com 31 pontos, mas sofre a aproximação do Tricolor paulista, que passa a 29. Paulo Henrique Ganso marcou o gol no primeiro tempo, após um descuido da defesa da equipe comandada por Abel Braga.

No próximo sábado, o Inter busca a recuperação fora de casa, enfrentando o Atlético-MG, no Mineirão, às 18h30min. Já o Tricolor paulista recebe o Santos, no Morumbi, no domingo, às 16h.

Sem criar muitas chances, São Paulo abre o placar

A partida começou com os dois times estudando o adversário e com ritmo lento. Com o passar do tempo, o São Paulo passou a ter maior posse de bola e o Inter a aguardar os paulistas para contra-atacar com velocidade. A primeira oportunidade surgiu aos 13 minutos. D’Alessandro cobrou falta para Aránguiz próximo a meia lua da grande área. O chileno lançou Alex na linha de fundo e o meia cruzou. Juan saltou mais alto que o marcador e cabeceou por cima da meta de Ceni.

Depois de mais um tempo de disputa pela bola entre as duas grandes áreas, o Inter voltou a levar perigo à meta do Tricolor Paulista. Hudson perdeu a bola no meio de campo, D’Alessandro lançou Alex pela esquerda de ataque. O meia invadiu a área e bateu, mas Rogério Ceni fez a defesa com os pés.

Apesar de não criar nenhuma chance em 35 minutos, o São Paulo abriu o placar com Paulo Henrique Ganso. Ygor entregou uma bola para o adversário, Alvaro Pereira foi à linha de fundo pela esquerda de ataque e cruzou rasteiro. A bola bateu em Juan e caiu nos pés de Ganso. Sem marcação, o meia do São Paulo chutou para o fundo das redes.

Nos 16 minutos restantes, os dois times seguiram tentando mudar o placar, porém, voltaram a ter dificuldades para criar chances de gols. No final da etapa, Alex se chocou com Paulo Miranda e deixou o gramado mancando para os vestiários.

Inter insiste, mas não consegue superar sistema defensivo paulista

Sem alterações no segundo tempo, o Inter iniciou pressionando. Logo a dois minutos, D'Alessandro lançou Aránguiz, que foi a linha de fundo e cruzou. Paulo Miranda afastou de cabeça pela linha de fundo. Aos 10, D’Alessandro cobrou falta próximo a lateral direita e a linha de fundo, mas a bola passou por cima do travessão do São Paulo.

O tricolor paulista reagiu aos 18. Alexandre Pato puxou rápido contra-ataque pela direita de ataque, passou por três adversários e passou para Kaká. O meia bateu e a bola parou na rede, mas pelo lado de fora. Aos 34 minutos, Pato chutou da entrada da área, Juan abriu o braço, a bola bateu e saiu pela linha de fundo. Os jogadores do São Paulo reclamaram, mas o árbitro mandou seguir o jogo. Dez minutos depois, Rafael Moura recebeu bola sem marcação pelo lado esquerdo e chutou, porém, o chute saiu pela linha de fundo.

O Inter seguiu insistindo no ataque, mas não conseguiu superar o sistema defensivo armado por Muricy Ramalho. O Tricolor Paulista passou a se defender e aguardar os espaços para contra-atacar. Na base do abafa, Abel jogou o time à frente. Wellington Paulista, que entrou no lugar de Bertotto, chegou a acertar uma cabeçada na trave.

No último lance do jogo, Paulo Miranda dividiu com Fabrício dentro da área e o lateral caiu. Alguns jogadores pediram pênalti, mas o árbitro mandou seguir e logo em seguida apitou o final da partida, encerrando a série de vitórias do Inter.

Brasileirão – 16ª rodada

Inter 0

Dida; Wellington Silva, Juan, Ernando e Fabrício; Ygor (Valdívia), Bertotto, Aránguiz, D’Alessandro e Alex (Jorge Henrique); Rafael Moura. Técnico: Abel Braga.

São Paulo 1
Rogério Ceni; Edson Silva, Miranda, Toloi e Alvaro Pereira; Denílson, Hudson (Michel Bastos), Ganso e Kaká; Pato (Ademilson) e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.

Gol: Paulo Henrique Ganso (35min/1ºT);
Cartões amarelos: Hudson (SP) e Fabrício (I);
Público: 34.262 torcedores;
Renda: R$ 982.000,00;
Local: Beira-Rio;
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ), auxiliado por Janette Mara Arcanjo (MG-Fifa) e Pablo Almeida da Costa (MG-ASP-Fifa);

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.