Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 21/08/2014
  • 11:29
  • Atualização: 11:45

Rafael Moura reclama de isolamento no ataque do Inter

Vaiado pela torcida na derrota de 1 a 0 para São Paulo, centroavante pediu paciência

Rafael Moura reclama de isolamento no ataque do Inter  | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

Rafael Moura reclama de isolamento no ataque do Inter | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Artilheiro do Inter no Brasileirão com quatro gols marcados, Rafael Moura foi vaiado pela torcida durante a derrota para o São Paulo no estádio Beira-Rio. Em entrevista coletiva, o camisa 11 tentou se defender das críticas e até reclamou de isolamento no ataque. "Errei um lance e fui vaiado. O torcedor vem para o estádio para cobrar e eu sou cobrado desde o primeiro minuto em que cheguei ao Inter. Sei que preciso melhorar e peço paciência à torcida. Jogar sozinho o tempo todo e ter que chegar na área para concluir é complicado", disse.

O centroavante comentou ainda que o suposto isolamento no setor ofensivo precisa ser resolvido internamente. Rafael Moura destacou que os times que costumam fazer muitos gols têm várias jogadores dentro da área. "O nosso time, mesmo quando marcou gols, tinha mais gente para concluir. A gente precisa ter mais atletas ali, porque apenas a minha movimentação não basta, ainda mais contra o São Paulo que tinha jogadores altos", argumentou. "Eu preciso de mais ajuda dos meus companheiros", acrescentou.

Rafael Moura acredita que a derrota de 1 a 0 poderia ter sido evitada, mas foi justa dentro do contexto do campeonato. "O São Paulo teve apenas uma chance e marcou. Nós também vencemos vários jogos assim, onde tivemos apenas uma oportunidade e concluímos bem. Eles mereceram a vitória e nós precisamos recuperar os pontos perdidos contra o Atlético-MG e Palmeiras", avisou.

Bookmark and Share