Porto Alegre, domingo, 26 de Outubro de 2014

  • 21/08/2014
  • 11:56
  • Atualização: 12:02

Homem agredido em briga de torcidas tem morte cerebral

Palmeirense de 31 anos foi espancado por corintianos no último domingo

  • Comentários
  • Agência Brasil

O torcedor do Palmeiras Gilberto Torres Pereira, de 31 anos, que foi agredido violentamente no último domingo durante uma briga de torcidas, teve a morte cerebral confirmada pelo Hospital Estadual de Franco da Rocha, no fim da noite dessa quarta-feira. Ele foi espancado e sofreu traumatismo craniano durante uma briga entre integrantes das torcidas organizadas Mancha Verde, do Palmeiras, e Gaviões da Fiel, do Corinthians, no centro da cidade de Franco da Rocha, na Grande São Paulo.

De acordo com o boletim de ocorrências, a briga começou por volta das 7h quando as torcidas rivais se encontraram na Estação Franco da Rocha, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Os palmeirenses estavam a caminho do estádio do Pacaembu para assistir ao clássico entre o Palmeiras e o São Paulo, e os corintianos voltavam de uma festa na quadra da Gaviões da Fiel.


Bookmark and Share