Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 21/08/2014
  • 13:55

Giovanni Luigi admite proposta "muito forte" por Aránguiz

Presidente do Inter disse que valores chegam ao dobro do que o Colorado pagou pelo atleta

Giovanni Luigi admite proposta ´muito forte` por Aránguiz | Foto: Fabiano do Amaral / CP

Giovanni Luigi admite proposta ´muito forte` por Aránguiz | Foto: Fabiano do Amaral / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O presidente do Inter, Giovanni Luigi, admitiu que possui em mãos uma proposta "muito forte" pelo meia-atacante Charles Aránguiz, destaque da equipe colorada e da seleção chilena na Copa do Mundo.

"O Inter é soberano em todos os negócios. A proposta é muito boa, trata-se de uma decisão pessoal e da direção. Temos aí quatro jogadores que temos conversações que ainda não evoluíram. Vamos analisar o que é melhor para o clube e atleta. A gente tem valores superiores ao dobro. É uma decisão que cabe ao Inter. Fizemos o depósito da integralidade do valor que ele foi contratado. Logicamente, ele é importantíssimo e pretendemos mantê-lo", disse Luigi na Rádio Bandeirantes.

Dirigente tentará convencer Luigi a manter Aránguiz
Luigi garante permanência de Aránguiz até final de 2014

Aránguiz é visto como imprescindível pelo departamento de futebol para que o Colorado busque alguma conquista ainda neste ano. Seja do Campeonato Brasileio ou da Copa Sul-Americana. Após o jogo contra o São Paulo, o diretor de futebol Roberto Melo caminhou nesta linha.

"Se o presidente tem a proposta, é porque tem. Acho que o dobro é pouco pela qualidade do jogador. Se for triplo, quádruplo, quíntuplo, talvez é o que ele vale. Mas o presidente sabe do que o clube precisa. Evidente que sempre conversa com a gente e vamos ponderar da necessidade, se pretendemos conquistar o Brasileiro, da permanência do Aránguiz", comentou Melo.

Depois de ser destaque na Copa do Mundo, Aránguiz virou alvo do mercado internacional. Em coletiva, porém, o camisa 20 afirmou que tem a vontade de permanecer muitos anos no Colorado. Em relação à janela de transferências atual, disse que o presidente que decidirá uma possível saída, mas ao final do ano.

Bookmark and Share