Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Brasileirão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

21/08/2014 18:54 - Atualizado em 21/08/2014 18:57

Corinthians consegue efeito suspensivo para meia Petros

Jogador, no entanto, ainda não poderá atuar nesta noite contra Goiás

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acatou o pedido de liminar do Corinthians para que o meia Petros possa atuar até o recurso ser julgado. Na última segunda-feira, o meia foi suspenso em julgamento por 180 dias, por conta do empurrão no árbitro Raphael Claus, no clássico diante do Santos, na Vila Belmiro, no dia 10 de agosto.

Apesar de ficar liberado para atuar, Petros não estará na Arena Corinthians na noite desta quinta-feira, quando o Timão enfrenta o Goiás às 19h30min pelo Campeonato Brasileiro. O jogador não estava concentrado com o grupo e, segundo a comissão técnica, ele foi afetado psicologicamente pelo episódio e não se encontra em condições plenas para ajudar a equipe.

Ainda não há data para ocorrer o julgamento no Pleno do STJD, que vai decidir se a punição será mantida ou alterada. Enquanto não ocorre, o meia voltará a estar apto a jogar e já poderá participar do duelo diante do Grêmio, na Arena Grêmio, neste domingo, caso esse seja o desejo do técnico Mano Menezes.

O meia corintiano foi condenado com base em denúncia pelo artigo 254-A, parágrafo terceiro do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que caracteriza agressão a membro de arbitragem. No julgamento, o departamento jurídico do Corinthians tentou desqualificar a denúncia para o artigo 258, que fala em atitude antidesportiva, e não agressão. Nesse caso, a pena variaria entre um e seis jogos ou 15 a 180 dias.

Caso o Pleno do STJD mantenha a decisão da Primeira Comissão, Petros ainda tem mais uma chance de não cumprir os 180 dias de pena. Para isso, o presidente do STJD, Caio Rocha, poderá transformar metade da pena em medidas de interesse social. Para isso, claro, Petros teria de cumprir a primeira metade dessa pena, 90 dias.

No duelo desta quinta-feira, o Corinthians vai a campo com: Cássio, Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias, Jadson e Renato Augusto; Romero e Guerrero.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.