Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 21/08/2014
  • 22:58
  • Atualização: 23:23

"Grêmio voltou a ser uma equipe competitiva e de qualidade", diz Felipão

Técnico relativizou descontentamento de Rhodolfo com "lances juvenis"

Técnico relativizou descontentamento de Rhodolfo com ´lances juvenis` | Foto: Gil Leonardi / Lancepress/ CP

Técnico relativizou descontentamento de Rhodolfo com ´lances juvenis` | Foto: Gil Leonardi / Lancepress/ CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

A derrota causou grande frustração, mas o técnico Luiz Felipe Scolari saiu contente com o desempenho do Grêmio, nesta quarta-feira contra o Cruzeiro. Para Felipão, a equipe mostrou sinais claros de evolução contra o líder do Brasileiro. "Entendo que o Grêmio voltou a ser uma equipe competitiva e de boa qualidade", definiu.

O treinador ressaltou que, apesar de jogar no Mineirão, o Tricolor mostrou personalidade no gramado. "Foi um time que propôs o jogo, evoluindo taticamente", analisou. "Já estamos tendo o estilo do Grêmio", enfatizou Felipão.

"Contra o Criciúma avançamos um pouco e hoje, embora a derrota, crescemos ainda mais", acrescentou o técnico. "Nos aproximamos do que a torcida espera. Muita raça, muita entrega e determinação. Isso faz com que o adversário tenha dificuldade", afirmou.

Por conta deste desempenho, Felipão creditou o desabafo do zagueiro Rhodolfo à frustração com o placar e não crítica direta aos companheiros no gramado. "Vejo que o Rhodolfo saiu chateado com todo mundo e expôs seu pensamento de forma mais categórica que os outros", reconheceu o treinador sobre o selo de "lances juvenis" para os gols sofridos nos últimos jogos. "É um gol que não estávamos preparados para tomar pelo jeito que o time jogava", frisou o treinador.

Questionado novamente sobre as derrotas fatídicas da Copa do Mundo, Felipão foi irônico. "Continuam insistindo e imaginando que eu esteja super preocupado com o que vão comentar daqui a cinco ou dez anos. Daqui a pouco eu já morri e vai ter alguém falando", comentou. "O que ocorreu é passado, estou no Grêmio agora, feliz, com família boa, saúde e dinheiro", emendou o comandante gremista.

Bookmark and Share