Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 23/08/2014
  • 21:10
  • Atualização: 21:16

Abel protege Moura e revela decepção com derrotas em sequência

Técnico disse que Inter teve boa produção contra Atlético-MG no Independência

Abel protege Rafael Moura e revela decepção com derrotas em sequência | Foto: Ramon Bitencourt / Lancepress! / CP

Abel protege Rafael Moura e revela decepção com derrotas em sequência | Foto: Ramon Bitencourt / Lancepress! / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Se no jogo contra o São Paulo Rafael Moura não teve chances para marcar gols, diante do Atlético-MG o centroavante teve nos pés as melhores oportunidades do jogo e não conseguiu balançar as redes. Mesmo assim, o técnico Abel Braga minimizou a má fase do camisa 11 e descartou a possibilidade de mandá-lo para a reserva. "A responsabilidade pela derrota é minha. Eu não posso colocar o peso do resultado nas costas de um jogador. Falar de um atleta que não fez gols é simples. O Rafael Moura se tiver que jogar amanhã, vai jogar. E se tiver que sair, vai sair para depois recuperar seu espaço", disse em entrevista coletiva depois da derrota em Minas Gerais.

Abel Braga relatou ainda que não irá trabalhar o psicológico de Rafael Moura por conta da má fase. "O Rafael é um grande profissional e é experiente. Ele vai saber sair dessa. Eu tenho que trabalhar é com Otávio, que perdeu a bola que originou o gol do Atlético. Ele estava chorando no vestiário por conta disso", revelou.

O técnico do Inter comentou ainda que as duas derrotas em sequência preocupam, principalmente porque o time ainda segue no G4. "Eu realmente estou decepcionado com os resultados. Não com os jogadores e com a equipe. Tivemos uma boa produção contra o São Paulo e hoje foi fantástico, pelo menos no segundo tempo. Infelizmente as coisas são assim e agora precisamos recuperar", declarou.  

O próximo compromisso do Inter será pela Copa Sul-Americana, diante do Bahia. O calendário apertado ainda aponta o retorno ao Brasileirão no sábado, contra o Palmeiras. Por conta do pouco tempo de recuperação, Abel projetou um novo time para o duelo com os baianos. "Vamos ter que mudar porque não contamos apenas com jogadores jovens. Temos outros atletas que têm a recuperação mais lenta e precisamos cuidar com isso. O D'Ale sentiu um problema na coxa já no aquecimento e resistiu até onde deu. O Alex entrou bem naquela posição, assim como Winck jogou muito bem na vaga do Wellington Silva", explicou.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte