Correio do Povo

Porto Alegre, 22 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
19º 30º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/08/2014 09:09 - Atualizado em 25/08/2014 09:26

Inter tem pior sequência do ano e tenta buscar até oito vitórias fora

Derrotas seguidas para São Paulo e Atlético-MG são primeiras de 2014

Derrotas seguidas para São Paulo e Atlético-MG são as primeiras de 2014<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP
Derrotas seguidas para São Paulo e Atlético-MG são as primeiras de 2014
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP
Derrotas seguidas para São Paulo e Atlético-MG são as primeiras de 2014
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP

Foram quatro dias para qualquer colorado esquecer. Em casa ou fora, o Inter viveu dias ruins. E tem a pior sequência do ano, perdendo dois jogos de maneira consecutiva pela primeira vez em 2014. Mesmo com uma partida da Sul-Americana pela frente, o Colorado tenta readequar a campanha com a retomada dos resultados em casa e buscar somar mais vitórias como visitante.

As duas últimas rodadas do Brasileirão tiveram derrotas para Atlético-MG, no Independência, no sábado, e São Paulo, na quarta passada, no Beira-Rio. O que configura na pior sequência de jogos colorados no ano. Há ainda as derrotas para o Ceará no mês passado, que carregam mais ainda o clima negativo.

"Fica pior, não tenha dúvida. Seria muito melhor com as duas vitórias. O difícil é criar uma invencibilidade com cinco vitórias consecutivas. Falei para eles que a consequência vencendo o São Paulo seria maior do que vencer as cinco seguidas de antes. As duas derrotas marcaram muito para mim. Estou decepcionado da maneira que aconteceram. Com erros próprios. É continuar trabalhando", lamentou Abel Braga.

Atualmente, o Inter perdeu fora de casa o mesmo número de jogos em casa. São duas derrotas em cada status. No entanto, tem muitos empates longe do Beira-Rio. E essa realidade é um dos pontos para recuperar os pontos perdidos nos últimos dias.

"Todo mundo que quiser ser campeão, tem que ter de seis a oito vitórias fora de casa. Ainda temos essa possibilidade. O Galo é um concorrente direto, time forte e buscando uma consistência. Os jogos fora de casa vão fazer a diferença. Mas tem que manter o que vinha acontecendo em casa. Vencer a maioria dos jogos em casa. A não ser em um confronto direto, que pode ser interessante o empate", projetou o meia Alex.

O Inter inicia a disputa da Copa Sul-Americana e se reapresenta na manhã desta segunda-feira, no CT do Parque Gigante. O Colorado enfrenta o Bahia, nesta quarta, no Beira-Rio, pela competição continental. O meia D'Alessandro deixou o jogo com o Galo com desconforto muscular e pode desfalcar o time, assim como o lateral-direito Wellington Silva. O time fará um rodízio entre as duas competições.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.