Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 25/08/2014
  • 09:24
  • Atualização: 09:41

Grêmio busca melhorar como visitante para virar turno "mais tranquilo"

Tricolor venceu Corinthians por 2 a 1 na Arena

Sequência até o final do turno tem jogos com Bahia, na Arena, e Flamengo, no Maracanã | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Sequência até o final do turno tem jogos com Bahia, na Arena, e Flamengo, no Maracanã | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Lancepress

Até o momento, Luiz Felipe Scolari tem quatro jogos no comando do Grêmio. Duas vitórias e duas derrotas. A grande força do comandante tem sido, porém, a Arena. Dentro de casa, foram duas vitórias. E, depois dos primeiros passos, o objetivo é melhorar o rendimento como visitante, para que o Tricolor vire o turno com uma pontuação mais elevada e possa ter mais tranquilidade no Brasileiro.

A vitória sobre o Corinthians antes mesmo do jogo era visto como um passo importante para que o Grêmio encorpasse no Brasileirão. O Tricolor ainda não havia vencido uma equipe do G4. Sofreu, mas venceu neste domingo. A sequência gremista até o final do turno tem jogos com Bahia, na Arena, e Flamengo, no Maracanã.

"Perdemos para o Inter e para o Cruzeiro. Temos que ganhar um jogo fora, pode ser a diferença. Estamos ganhando em casa, muito bom, ótimo. Fora, temos que ganhar um jogo. Temos que manter a escrita dos jogos em casa e mudar um pouco nos jogos fora", comentou Felipão.

A preocupação constante demonstrada por Felipão é com a parte inferior da tabela. Mesmo que o discurso seja de disputar algo grande no Brasileiro, seja título ou vaga para a Libertadores, o treinador cita em vários momentos a preocupação com quem vem de trás e a pontuação para fugir do rebaixamento. O ideal seria virar o turno rompendo a barreira dos 30 pontos - atualmente, o Grêmio tem 25, na sétima colocação. No mínimo, mais uma vitória.

"Se a gente quiser ficar em uma situação mais tranquila, temos que buscar pontos. Eu já disse que quem não virar com 27 ou 28 pontos vai passar perigo. E temos mais dois jogos para ganhar alguns pontos e buscar uma classificação. Temos muita gente na frente. Mas foi importante pelo espírito e forma como conseguimos", completou o treinador gremista.

O Grêmio agora vira o foco para a Copa do Brasil. O duelo com o Santos acontece na quinta-feira, na Arena, às 20h. O clube gaúcho não contará com o volante Fellipe Bastos, que já jogou pelo Vasco, e também Riveros, machucado. Edinho e Lucas Coelho, na mesma situação do paraguaio, também não devem estar à disposição.

Bookmark and Share