Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 25/08/2014
  • 10:03
  • Atualização: 10:16

Brasil fica sem medalha no primeiro dia do Mundial de Judô

Sarah Menezes, Felipe Kitadai e Eric Takabatak já foram eliminados da competição

Eric Takabatake perdeu nas oitavas de final para o russo Bestian Budranov | Foto: Confederação Brasileira de Judô / Divulgação / CP

Eric Takabatake perdeu nas oitavas de final para o russo Bestian Budranov | Foto: Confederação Brasileira de Judô / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AFP

O Brasil terminou sem medalha no primeiro dia do Mundial de Judô, disputado em Tcheliabinsk, na Rússia. Os judocas Sarah Menezes, Felipe Kitadai e Eric Takabatake foram eliminados nas primeiras disputas.  

Atual campeã olímpica da categoria até 48kg, Sarah Menezes disse adeus ao sonho do título mundial ao perder na estreia para a jovem francesa Amandine Buchard, 19 anos. Ela foi derrotada por um yuko, no início da luta. A francesa já tinha vencido a brasileira no início deste ano, no Grand Prix de Paris. Vice-campeã europeia em abril, Buchard, que disputava seu primeiro Mundial, acabou conquistando a medalha de bronze. A japonesa Ami Kondo faturou o ouro ao derrotar na final a argentina Paulo Pareto, algoz da francesa na semifinal, que ficou com a prata.

Na categoria até 60 kg, Felipe Kitadai, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, também foi eliminado na primeira luta, para o uzbeque Dulorbek Urozboev, repetindo o resultado do Mundial do Rio-2013, quando também tinha sido superado na estreia. Já Eric Takabatake, que aos 23 anos disputou seu primeiro Mundial, estreou com vitória por ippon sobre o suíço Ludovic Chammartin, superou o ucraniano Hervorh Hevorhyanmas na segunda luta, mas perdeu nas oitavas de final para o russo Bestian Budranov, quarto colocado do ranking da categoria.

A derrota de Sarah é um sinal de alerta, já que a judoca de 24 anos é considerada uma das maiores chances de medalhas do País nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016. Ela conquistou cinco medalhas no Mundial do Rio-2013. A piauiense nunca conquistou o ouro no Mundial e vinha de três bronzes seguidos, em Tóquio-2010, Paris-2011 e Rio-2013.

Na terça-feira, dois brasileiros entram no tatame, Érika Miranda, atual vice-campeã mundial, e Charles Chibana, que há duas semana conquistou o título do Grand Slam de Tyumen, também na Rússia.


Bookmark and Share


TAGS » Judô, Esporte