Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 26/08/2014
  • 09:09
  • Atualização: 09:12

Érika Miranda fatura bronze no Mundial de Judô

Judoca brasileira superou cubana Yanet Bermoy Acosta

Érika Miranda fatura bronze no Mundial de Judô | Foto: G. Sabau and Zahonyi / IJF / CP

Érika Miranda fatura bronze no Mundial de Judô | Foto: G. Sabau and Zahonyi / IJF / CP

  • Comentários
  • Lancepress

Vice-campeã mundial no Rio de Janeiro, no ano passado, a judoca Érika Miranda (-52kg) faturou a medalha de bronze no Mundial de Chelyabinsk, na Rússia. Nesta terça-feira, a brasileira venceu a cubana Yanet Bermoy Acosta na disputa pelo terceiro lugar. A vitória veio por punição. Enquanto Érika tinha apenas uma, a adversária recebeu duas. Assim, o Brasil conquistou sua primeira medalha na edição deste ano da competição. No primeiro, Sarah Menezes (-48kg), Felipe Kitadai e Eric Takabatake (- 60kg) passaram em branco.

A primeira de Érika luta foi contra Gulbadam Babamuratova, do Turcomenistão. E a vitória veio por ippon, após uma imobilização. No segundo combate, a brasileira encarou a espanhola Laura Gomez, de quem já havia vencido três vezes, a última no Grand Slam de Tyumen, também na Rússia, em julho. Érika obteve um yuko, mas por pouco não perdeu a luta por punições. Ela recebeu três da arbitragem e foi obrigada a tomar cuidado, pois mais uma advertência provocaria sua eliminação.

Nas quartas de final, a judoca do Brasil encarou a chinesa Yingnan Ma. E com mais um estrangulamento garantiu a vaga na semifinal. Sua adversária na busca por uma vaga na decisão foi uma velha conhecida: a romena Andreea Chitu, a quem Érika havia vencido na semifinal do Mundial do ano passado. A brasileira começou bem e conseguiu um wazari logo no início. As punições começaram a aparecer para as duas atletas até que, num descuido, Érika levou o ippon.

Chibana é eliminado nas oitavas de final

Mais cedo, o líder do ranking na categoria até 66kg, Charles Chibana, estava fazendo um bom Mundial até ser eliminado nas oitavas de final pelo bicampeão mundial Rishod Sobirov. O brasileiro venceu suas duas lutas iniciais. Primeiro, passou pelo armênio Davit Ghazaryan com um ippon no fim do combate. Em seguida, derrotou o sul-coreano Taeho Youn na prorrogação. Os dois judocas tinham empatado com um yuko para cada um, mas o rival acabou eliminado com quatro punições.

Nas oitavas, Chibana encarou o judoca do Uzbequistão. Dono de dois ouros em Mundiais na categoria até 60kg (Tóquio-2010 e Paris-2011) e dois bronzes em Jogos Olímpicos, Sobirov conseguiu a vitória com um ippon a menos de 30 segundos do fim da luta.

Nesta quarta-feira, a partir das 2h (de Brasília), entram no tatame da Traktor Ice Arena a atual campeã mundial Rafaela Silva (-57kg), Ketleyn Quadros e o estreante Alex Pombo (-73kg).

Bookmark and Share


TAGS » Judô, Esporte, Rússia