Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 27/08/2014
  • 09:00
  • Atualização: 12:37

Inter tenta manter tradição em fase "doméstica" da Sul-Americana

Clube só foi eliminado uma vez na etapa brasileira do torneio

Inter tenta manter tradição em fase doméstica da Sul-Americana | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP

Inter tenta manter tradição em fase doméstica da Sul-Americana | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O Inter começa mais uma caminhada pela Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, às 22h. E o bom retrospecto na fase contra os rivais brasileiros acaba escudando o Colorado, que só foi desclassificado uma vez nesta fase e tem apenas uma derrota. O técnico Abel Braga mandará um mistão contra o Bahia, no Beira-Rio.

Os gaúchos participam da competição desde 2003. Naquele ano, o Colorado participou de um triangular que envolveu Santos e Flamengo. Mesmo sem perder, o time gaúcho foi eliminado pelo saldo de gols. Em 2004, passaram por Figueirense, Grêmio e Cruzeiro. O alvirrubro perdeu apenas para o rival local, a única derrota para brasileiros, embora tenha se classificado pelo gol qualificado. No ano seguinte, passou do São Paulo. E em 2008, ano que venceu a competição, passando novamente pelo Tricolor de Porto Alegre.

Outro ponto que relaciona o Colorado com a Copa Sul-Americana é a conquista de 2008. Primeiro brasileiro a ser campeão da competição, o Inter passou a utilizar o slogan "Campeão de Tudo" depois da taça conquistada há seis anos. Recentemente, porém, voltou a utilizar a frase "Clube do Povo" em banners e materiais oficiais.

Para o jogo de hoje, Abelão deve poupar os jogadores mais veteranos, casos por exemplo de Juan e Alex. D'Alessandro, com desconforto muscular, também deve ficar de fora. O centroavante Rafael Moura e o lateral-esquerdo Fabrício, por desgaste, também podem ficar de fora. O treinamento de ontem foi fechado no Beira-Rio e o mistério do treinador impera.

A equipe gaúcha tem recentemente uma queda em competição de mata-mata. Na Copa do Brasil, caiu para o Ceará, na terceira fase, com duas derrotas. O que deu a classificação para a Copa Sul-Americana. O Bahia tenta a primeira vitória sob o comando de Gilson Kleina, que tem dois empates no Brasileirão.

Bookmark and Share