Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Copa do Brasil

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

27/08/2014 22:17 - Atualizado em 27/08/2014 22:29

América-RN surpreende de novo e goleia o Atlético-PR

Dragão aplicou 3 a 0 e garantiu ampla vantagem na Copa do Brasil

Dragão aplicou 3 a 0 e garantiu ampla vantagem na Copa do Brasil<br /><b>Crédito: </b> Gustavo Oliveira/Atlético-PR/Divulgação CP
Dragão aplicou 3 a 0 e garantiu ampla vantagem na Copa do Brasil
Crédito: Gustavo Oliveira/Atlético-PR/Divulgação CP
Dragão aplicou 3 a 0 e garantiu ampla vantagem na Copa do Brasil
Crédito: Gustavo Oliveira/Atlético-PR/Divulgação CP

O América-RN não está brilhando na Série B, mas decidiu "patrolar" os representantes da Série A, mas na Copa do Brasil. Depois de surpreender o Fluminense com uma vitória por 5 a 2, agora goleou o Atlético-PR por 3 a 0, dessa vez em casa, na Arena das Dunas.

Rodrigo Pimpão, Max e Thiago Cristian marcaram os gols. Foi o primeiro triunfo após três derrotas consecutivas do time na Arena. Na partida de volta, o Furacão não poderá levar gols ou terá que abrir quatro de diferença. Um 3 a 0 a seu favor levará a decisão das oitavas de final para os pênaltis, enquanto a vantagem do saldo qualificado é da equipe do Rio Grande do Norte. Vale lembrar que na edição do ano passado, o Atlético eliminou o América logo na segunda fase, ao golear o time potiguar por 6 a 2.

Velocidade de sobra de ambas as equipes. Os primeiros minutos do jogo em Natal foram acelerados. E quem tomou a iniciativa foi o Atlético-PR. Logo com um minuto, Marcelo deixou o atabalhoado Cléber na saudade e Douglas Coutinho quase aproveitou. Pouco depois, a finalização de Sueliton beijou a trave esquerda de Andrei.

O Atlético tinha mais volume de jogo, mas faltava objetividade para os comandados de Leandro Ávila na Arena das Dunas. Objetividade que o América teve sobra nos minutos finais do primeiro tempo. Walber, menos de um minuto após substituir o lesionado Marcelinho, iniciou a jogada concluída com perfeição por Rodrigo Pimpão, aos 40. Oito minutos depois, o Dragão ampliou com a colaboração do árbitro Marielson Alves Silva, que marcou pênalti de Otávio em Morais. A falta, no entanto, foi fora da área. Max cumpriu seu papel de centroavante e, com categoria, converteu.

O Furacão não teve outra opção a não ser se lançar ao ataque desde o primeiro minuto do segundo tempo. Marcando no campo de defesa do América e trabalhando a bola com mais qualidade, o Rubro-Negro tratou de pressionar. Só que faltou capacidade de finalização para o time. O América, esperando por um contra-ataque para sacramentar a vitória, alcançou seu objetivo. Thiago Cristian finalizou a jogada após receber passe de Max e, aos 35 minutos, marcou o terceiro do Dragão.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.