Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 28/08/2014
  • 22:20
  • Atualização: 22:52

Aranha: “Todo mundo sabe que tem uns racistas aqui no meio”

Goleiro do Santos alegou ter sido chamado de “preto fedido” por torcedores do Grêmio

Goleiro Aranha foi alvo de ofensas racistas na Arena | Foto: Ricardo Giusti / CP

Goleiro Aranha foi alvo de ofensas racistas na Arena | Foto: Ricardo Giusti / CP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba e Correio do Povo

Alvo de ofensas racistas durante a derrota do Grêmio nesta quinta-feira, o goleiro santista Aranha relatou que ofensas racistas são uma prática comum na Arena. “Todo mundo sabe que, não são todos, mas sempre tem uns racistas aqui no meio”, afirmou ele, na saída do gramado.

Os incidentes ocorreram no fim da partida. “A torcida pegar no pé é normal. Mas começaram com palavras racistas: 'Preto Fedido', 'Seu Preto', "Bando de Preto'. Até aí ainda estava me segurando. Aí quando começou aquele corinho de 'macaco'” – relatou – “Fizeram rápido e pouco, para não dar tempo de filmar. Eu pedi para o câmera filmar. Quando ele foi filmar, já tinha acontecido o negócio. Eu fico nervoso. Desculpa a palavra, eu fico p***”.

Aranha contou que explicou o caso ao árbitro Wilton Sampaio, que entendeu que o goleiro estava provocando a torcida. O goleiro não confirmou se irá tomar uma medida judicial ou registrar boletim de ocorrência. Ele, no entanto, cobrou atenção das autoridades: “Está dado o recado para ficar esperto a próxima partida”.

Bookmark and Share