Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 29/08/2014
  • 09:46
  • Atualização: 10:05

Mayra chega à final e garante segunda medalha brasileira

Gaúcha de 23 anos garantiu a prata no Mundial de Judô

Gaúcha de 23 anos garantiu a prata no Mundial de Judô  | Foto: IJF / Divulgação / CP

Gaúcha de 23 anos garantiu a prata no Mundial de Judô | Foto: IJF / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AFP

A brasileira Mayra Aguiar ficou a um passo de conquistar seu primeiro grande título internacional ao se classificar nesta sexta-feira para a final da categoria até 78kg do Mundial de Judô de Chelyabinsk, na Rússia ao superar na semifinal a americana Kayla Harrisson, atual campeã olímpica.

A jovem gaúcha de 23 anos garantiu ao menos a medalha de prata e será a segunda judoca do Brasil a subir no pódio na competição, depois de Érika Miranda, que faturou o bronze na categoria até 52 kg.

Mayra lutará pelo ouro com a francesa Audrey Tcheuméo, campeã mundial em Paris-2011, que derrotou a norte-coreana Kyong Sol na outra semifinal.

A brasileira deu o troco em Harrisson, para quem tinha perdido na semi dos Jogos Olímpicos de Londres, quando acabou ficando com o bronze. Com a vitória desta sexta-feira, ele empatou em 5 a 5 o retrospecto com a americana.

Mayra começou a luta de forma muito agressiva, conseguindo um yuko depois de trinta segundos de luta, antes de encaixar um wazari logo em seguida num belo contragolpe.

Harrisson tentou reagir, mas a brasileira soube manter a cabeça fria até o fim, apesar da expulsão da técnica Rosicleia Campos, conhecida por ser muito exaltada na beira do tatame, demais para o gosto da árbitra da luta.

Mayra já conquistou três medalhas em mundiais, a prata em Tóquio-2010 e o bronze em Paris-2011 e Rio-2013, mas almeja agora o lugar mais alto do pódio.

Sua campanha em Chelyabinsk começou com vitória tranquila sobre italiana Assunta Galeone, antes de dominar a espanhola Laia Talarn com um wazari e um yuko.

Nas quartas de final, ela superou a russa Alena Kachorovskaya com um belo ippon, chegando embalada para a revanche contra a americana Kayla Harrisson.

Os outros dois brasileiros que entraram no tatame já não têm mais chance de subir ao pódio. O experiente Tiago Camilo, de 32 anos, campeão mundial em 2007, no Rio de Janeiro, decepcionou ao perder logo na estreia, na categoria até 90 kg. Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000 e bronze em Pequim-2008, Camilo perdeu por um yuko para o sérvio Dmitri Gerasimenko.

Já a estreante Bárbara Timo ganhou uma luta na categoria até 70 kg, contra a sul-coreana Hye Jin Jeong, mas nada pôde fazer contra a colombiana Yuri Alvear, bicampeã mundial em Roterdã-2009 e no Rio de Janeiro no ano passado.

Em um Mundial com sabor amargo para o judô brasileiro, com apenas uma medalha conquistada nos primeiros quatro dias de competição, Mayra Aguiar é uma luz de esperança no meio do marasmo.

Bookmark and Share


TAGS » Judô, Esporte