Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

29/08/2014 18:13 - Atualizado em 29/08/2014 18:21

Advogado do Santos defende que Grêmio não seja punido por racismo

Tricolor foi denunciado por procurador do STJD por caso com goleiro Aranha

As ofensas racistas feitas por alguns torcedores ao goleiro Aranha do Santos nessa quinta-feira podem levar o Grêmio a perder mandos de campo e até mesmo a ser excluído da Copa do Brasil. O Tricolor, no entanto, tem o apoio do Peixe neste assunto. O advogado do Alvinegro, Cristiano Caus, defendeu que o clube gaúcho não deva sofrer punição esportiva.

• Mulher suspeita de racismo na Arena do Grêmio é afastada do trabalho
• Koff promete identificar quem fez ofensas racistas a Aranha
• Grêmio identifica e exclui torcedores do quadro social
• Procurador do STJD oferece denúncia contra o Grêmio por racismo

“O Santos tem uma visão bastante clara desses atos. Nós entendemos que o Grêmio como instituição não deva ser punido dessas atitudes de poucos torcedores que não representam a torcida inteira. Queremos que sejam identificados os torcedores e que aconteçam as punições individuais. Temos que ir atrás das pessoas porque é um crime, que é mais importante que qualquer questão esportiva”, declarou à Rádio Guaíba.

Em relação ao depoimento do goleiro Aranha na polícia nesta sexta-feira, Cristiano Caus destacou que ajudou a convencer a o jogador da importância de fazer a denúncia. “Conversei com ele logo depois do episódio e hoje de manhã de novo. Óbvio que ele estava bastante chateado, isso não é algo que se prepara para enfrentar. Mesmo muito chateado, ele entendeu que deveria ir à delegacia. No começo disse que não iria atrás disso, mas depois entendeu que era uma missão do cidadão levar isso para a polícia”, completou.

Grêmio e Santos preparam ação contra o racismo para jogo da Vila Belmiro


O jogo de volta da Copa do Brasil entre Santos e Grêmio na Vila Belmiro deverá ter ações contra o racismo por parte dos dois clubes. O advogado alvinegro Cristiano Caus destacou que os departamentos de marketing dos dois times estão trabalhando nas ações para a partida da próxima quarta-feira, às 22h.

“Estamos preparando para a partida de volta alguma coisa com a entrada dos jogadores em campo. O Grêmio tem sido um grande parceiro do Santos, hoje treinamos no CT do Grêmio. Jogadores de ambas as equipes vão se manifestar e dar apoio e solidariedade”, afirmou Caus.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.