Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 30/08/2014
  • 21:18
  • Atualização: 22:17

Abel espera que Inter recupere a confiança com vitória

Colorado bateu o Palmeiras por 1 a 0 e retomou vice-liderança do Brasileirão

Inter bateu o Palmeiras com gol de Jorge Henrique | Foto: Brazil Photo / Folha Press / CP

Inter bateu o Palmeiras com gol de Jorge Henrique | Foto: Brazil Photo / Folha Press / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Inter bateu o Palmeiras por 1 a 0 no começo da noite deste sábado no Pacaembu e quebrou a sequência de duas derrotas no Brasileirão – três contando a Sul-Americana. Após a partida, o técnico Abel Braga justificou as escalações de Jorge Henrique e Sasha para ganhar força no contra-ataque e destacou que espera que o time recupere a confiança por conta da vitória.

“Pela necessidade de vitória, nós sabíamos que o Palmeiras iria se atirar. Tínhamos que mudar hoje a nossa característica, que é de toque para ter mais velocidade. Eu sempre digo que não existe uma forma só de jogar. Fora de casa iniciamos com três atacantes. O Jorge (Henrique) fez um grande partida e o Sasha também. Nunca deixamos de levar perigo. Tivemos cinco chances claras de gol e o adversário teve uma. Os jogadores estão de parabéns pela garra e a vontade. Que a gente possa ter trazido de volta a confiança que estava faltando”, destacou.

Abel seguiu elogiando Jorge Henrique. O treinador disse que o atacante foi injustiçado em um determinado momento da temporada por conta do esquema, mas destacou a confiança que tem no camisa 23. “O problema é que a minha equipe vinha com uma maneira de jogar desde o começo do ano muito clara. Com D’Alessandro de um lado, Alan Patrick do outro e Alex e Aránguiz por dentro. Aí veio a sequência de jogos, as contusões. Eu não queria mudar a forma de jogar, que vinha sendo usada. Contra o Fluminense jogou e foi bem, hoje também. É um jogador que tem a minha confiança e do grupo também”, seguiu.

Para encerrar, o Abel Braga falou sobre a situação do Inter na tabela do Brasileirão. Apesar de ter voltado para segunda posição, o Colorado segue oito pontos atrás do líder Cruzeiro, que goleou a Chapecoense por 4 a 2. O treinador admitiu que o momento é de secar o time mineiro para tentar a aproximação. “Eles não estão dando chance, mas você não pode errar e sair do G4. Tem que estar entre os quatro porque uma hora o Cruzeiro vai tropeçar. Perdemos para São Paulo e Atlético, derrotas normais. São jogos que acontecem. Agora é esperar que as dificuldades do Cruzeiro aumentem porque o campeonato não está fácil. É incrível o desempenho deles. Saíram perdendo hoje e viraram. Vamos tentar secar um pouquinho”, finalizou.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte