Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 30/08/2014
  • 21:31
  • Atualização: 21:33

Cruzeiro vira contra Chapecoense e mantém folga na liderança do Brasileirão

Time mineiro terminou o primeiro tempo atrás, mas conquistou virada de 4 a 2

  • Comentários
  • Lancepress

O Cruzeiro chegou a levar um susto no primeiro tempo, mas venceu a Chapecoense, de virada, na noite deste sábado no Mineirão pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória por 4 a 2 contou com gols de Leo, Marcelo Moreno (autor de dois), ambos de cabeça, e Alisson. Zezinho e Bruno Rangel anotaram os tentos catarinenses. O triunfo deixa a Raposa ainda mais isolada na liderança da competição, com 42 pontos, oito a mais que o Inter, segundo colocado momentaneamente.

A vantagem na liderança pode diminuir para sete pontos neste domingo, caso o São Paulo ganhe do Figueirense. A Chapecoense está na 15ª colocação, com 19 pontos, e não corre risco de adentrar na zona de rebaixamento nesta rodada, mas ficaria mais próxima, caso Criciúma e Bahia vençam os seus adversários neste domingo.

O próximo compromisso do Cruzeiro pelo Brasileiro será contra o Fluminense, no próximo domingo, no Maracanã. Antes, a Raposa pega o Santa Rita (AL), nesta quarta-feira, às 19h30min, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Estádio Municipal de Arapiraca. Os comandados de Celso Rodrigues, por sua vez, enfrentarão o Goiás às 21h do sábado, em casa, pela 19ª rodada do Brasileirão.

O jogo

A Chapecoense chegou ao Mineirão com a clara intenção de marcar e sair em lances de contra-ataque. O padrão adotado pelo time da região oeste de Santa Catarina foi eficiente durante os 45 minutos iniciais, sobretudo devido ao gol anotado por Zezinho, o único do primeiro tempo.

O Cruzeiro insistiu em bolas aéreas sem muita qualidade na etapa inicial. A equipe de Marcelo Oliveira efetuou 24 cruzamentos, sendo somente dois corretos, e encontrou dificuldades para levar perigo à meta de Danilo.

O time de Celso Rodrigues parecia ter encontrado a fórmula ideal para vencer a Raposa em pleno Mineirão. Contudo, bastaram 12 minutos da segunda etapa para a aparência ser completamente modificada.

Os comandados de Marcelo Oliveira precisaram de pouco tempo para fazer três gols e mudar o panorama da partida. Em três cruzamentos, o zagueiro Leo, o atacante Marcelo Moreno e o apoiador Alisson, respectivamente, viraram o placar para 3 a 1.

A Chapecoense acusou o golpe imediatamente e o mandante criou boas oportunidades para ampliar a sua vantagem. Bastou um vacilo dos defensores cruzeirenses, porém, para o centroavante Bruno Rangel fazer o segundo do time alviverde, 3 a 2.

E o Cruzeiro não demorou muito tempo para dar o troco. Marcelo Moreno se aproveitou de outra bola alçada na área para fazer mais um 4 a 2. Com o gol, o centroavante boliviano assumiu o posto de artilheiro do Brasileirão, ao lado de Ricardo Goulart.

Bookmark and Share