Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 31/08/2014
  • 18:05
  • Atualização: 18:14

Figueirense e São Paulo empatam em 1 a 1 no Orlando Scarpelli

Figueira abriu o placar com Giovanni Augusto e o Tricolor empatou com Rogério Ceni de pênalti

Figueirense e São Paulo empatam em 1 a 1 no Orlando Scarpelli | Foto: RuRubens Chiri / Divulgação / São Paulo / CP

Figueirense e São Paulo empatam em 1 a 1 no Orlando Scarpelli | Foto: RuRubens Chiri / Divulgação / São Paulo / CP

  • Comentários
  • Lancepress

São Paulo e Figueirense ficaram no 1 a 1, na tarde deste domingo, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e mantêm seis jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 33 pontos, estacionando na 3ª colocação. Já o Figueira foi para 21 conquistados, e ocupa o 13º lugar.

Sem Alvaro Pereira, Ganso e Alexandre Pato, todos suspensos, Muricy Ramalho optou por entrar em campo com três atacantes, colocando Ademilson e Osvaldo ao lado de Kardec. No meio Kaká ficou responsável por ser o armador e Michel Bastos foi para a lateral-esquerda.

A primeira etapa começou com o Figueirense animado. Chegando às costas do ofensivo Michel Bastos, Marco Antonio encontrava espaços. Sem aproveitar as oportunidades, a equipe alvinegra parou e viu o São Paulo crescer. Com Kardec, após lindo passe de Kaká, o Tricolor quase abriu o placar, mas Volpi salvou. Mais tarde, o goleiro voltou a ser protagonista. Agora recebendo assistência primorosa, de Osvaldo, Kaká saiu sozinho na frente do arqueiro, que mais uma vez fez linda defesa.

O time de Muricy teve ainda mais duas chances. Toloi recebeu presente de Volpi, dominou na entrada da área e finalizou para fora. A última do primeiro tempo foi com Osvaldo. Após boa chegada de Michel Bastos, Osvaldo finalizou torto para fora.

A etapa complementar iniciou da mesma forma que a primeira. Figueirense foi para cima novamente, mas dessa vez aproveitou. Aos dois minutos, em ótimo passe de Clayton, Giovanni Augusto finalizou duas vezes para abrir o placar. Logo depois, Clayton teve a chance de ampliar, mas errou o alvo. Depois disso só deu Tricolor. Kardec em cabeçada viu Volpi fazer milagre. Após muitas tentativas saiu o empate. Osvaldo foi derrubado na área e o juiz assinalou pênalti. Na cobrança, Rogério deixou tudo igual. No fim, Michel Bastos ainda foi expulso, por chute em Leandro Silva.

O próximo compromisso do São Paulo é na Copa do Brasil. Perdendo a primeira partida por 2 a 1 em Santa Catarina, o Tricolor recebe o Criciúma no Morumbi, quinta-feira, às 22h. Já o Figueira joga no próximo domingo, pelo Brasileiro, às 18h30, no Beira-Rio.

Bookmark and Share