Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 31/08/2014
  • 20:55

Fora de casa, Flamengo derrota o Vitória por 2 a 1

Triunfo rubro-negro foi o quinto consecutivo no Brasileirão

  • Comentários
  • Lancepress

O Flamengo venceu o Vitória por 2 a 1, dentro de Salvador, e pela primeira vez, desde 2007, conseguiu uma sequência de cinco vitórias no Brasileiro. O time do Rio teve um herói, o goleiro Paulo Victor, que defendeu um pênalti, e o da Bahia um vilão, o lateral Juan, que desperdiçou a tal cobrança. A palavra assustadora - rebaixamento - deixa, pelo menos por enquanto, de ser papo na Gávea, e a possibilidade de chegar ao G-4 passa a alimentar os sonhos da galera, levando-se em conta que resta um turno inteiro para ser cumprido.

Flamengo e Vitória fizeram um jogo sobretudo equilibrado no Barradão. Mas não seria nenhum exagero afirmar que o time carioca não soube aproveitar o seu melhor momento na partida, logo depois da meia hora, quando fez 1 a 0, com Marcelo, de cabeça, para liquidar de vez. O gol desarticulou o Vitória, mas o Vanderlei Luxemburgo preferiu assumir a retranca, e a equipe baiana retomou o pique, igualando num chute fraco de Caio, que encobriu Paulo Victor, que falhou no lance.

Os dois rubro-negros voltaram para a etapa derradeira buscando desempatar, criando oportunidades na mesma proporção. Se Gatito Fernandez, em conclusão de Márcio Araújo, e Paulo Victor, em cabeçada de Caio, praticaram defesas espetaculares. Ney Franco lançou Adriano no lugar de Luiz Aguiar, sem que ocorresse mudanças, mas as trocas do Flamengo - Márcio Araújo e Paulinho por Gabriel e Mugni - surtiram efeito.

Aos 24, Mugni cruzou e Juan cortou com o braço. Alecsandro cobrou o pênalti à direita: 2 a 1. Aos 32, o árbitro não vacilou em adotar o mesmo critério, quando Marcelo aparou com a mão esquerda na área um desvio de Dinei. Mas Juan bateu à esquerda, para intervenção de Paulo Victor, que se redimia, assim, do erro no gol baiano. O Vitória ainda tentou mudar os rumos do jogo, pondo Marcos Júnio e Willie, mas o time, visivelmente desanimado, acabou aceitando o resultado. Sábado é o Grêmio em casa.

Bookmark and Share