Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
16º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

31/08/2014 21:09 - Atualizado em 31/08/2014 22:56

Felipão comemora vitória e vê instabilidade do Grêmio como normal

Treinador crê que equipe vai ter um padrão de atuações mais regular após mais seis jogos

Felipão crê que Grêmio terá melhor rendimento com o passar dos jogos<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP Memória
Felipão crê que Grêmio terá melhor rendimento com o passar dos jogos
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP Memória
Felipão crê que Grêmio terá melhor rendimento com o passar dos jogos
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP Memória

Luiz Felipe Scolari comemorou os três pontos conquistados pelo Grêmio na vitória sobre o Bahia, por 1 a 0, neste domingo, na Arena. O técnico gostou da obediência tática da equipe e lembrou que era de suma importância vencer em casa para subir na tabela e manter o clube próximo do G-4.

“Boas performances foram contra o Cruzeiro e Santos e perdemos. Então, de vez enquanto jogar mal, ou não muito bem, e ganhar os três pontos também é legal. No intervalo, fizemos a correção foi para marcar com força e chegada ao adversário. Eles estavam jogando livres. Depois que definimos com o Biteco, Ramiro e Felipe, passamos a pressionar e melhoramos um pouco e até conseguimos o gol. Depois do gol, o Bahia melhorou, mas sem que o Marcelo fizesse grandes defesas. O que foi importante na vitória foi o aspecto tático do segundo tempo e do posicionamento na hora que precisávamos nos defender”, afirmou o treinador.

Apesar do rendimento irregular nos seis jogos sobre o seu comando, Felipão vê o desempenho do time como normalidade. Para o profissional, que iniciou os treinamentos com o grupo no dia 30 de julho, é normal ocorrer instabilidades com o pouco tempo de trabalho.

“Estamos colocando jogadores que nunca jogaram pelo Grêmio. Colocamos o Walace no Gre-Nal, o Zé Roberto que não jogava há três meses, o Biteco... então, é uma série de coisas que tu não pode fazer que funcionem em sete dias, dez dias ou um mês. Isso é o tempo que vai dar um pouco de maturidade, noção de espaço e uma série de detalhes. Isso tem que ser corrigido durante os jogos porque joga no domingo e depois na quarta. Então, é um pouco mais difícil", afirmou Felipão. "O técnico fica preocupado, mas na medida que ele nota que nós estamos ganhando postura, vibração e temos uma garra para obter o resultado que desejamos, vamos procurando melhorar nos aspectos técnicos e táticos para ver se a evolução vai acontecendo no decorrer dos jogos. Para que, daqui a uns seis jogos, a gente tenha um padrão adequado. Tenho seis jogos no Grêmio, com três derrotas e três vitórias. Ainda não existe uma coisa bem definida”, completou.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.