Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 01/09/2014
  • 18:53
  • Atualização: 19:06

Com início fulminante, Espanha atropela Brasil na Copa do Mundo de Basquete

Pau Gasol anota 26 pontos e é destaque na vitória espanhola

Espanha atropela Brasil na Copa do Mundo de Basquete | Foto: Jorge Guerrero / AFP / CP

Espanha atropela Brasil na Copa do Mundo de Basquete | Foto: Jorge Guerrero / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

A Seleção Brasileira masculina de basquete conheceu neste segunda-feira a sua primeira derrota na Copa do Mundo da Espanha. O algoz foi o time da casa. Uma das favoritas ao título, a Espanha não teve piedade, fez 82 a 63 e manteve os 100% de aproveitamento, após três partidas. Com isso, lidera o Grupo A e caminha a passos largos para confirmar a liderança.

Ao Brasil, resta aproveitar o dia de descanso nesta terça-feira e se preparar para o jogo contra a Sérvia, às 13h de quarta-feira, que será fundamental para assegurar a segunda posição. No momento, o Brasil ocupa o quarto posto.

O astro Pau Gasol terminou como cestinha do duelo. O novo pivô do Chicago Bulls terminou com 26 pontos e segue como maior anotador do Mundial. Por outro lado, os três pivôs brasileiros (Tiago Splitter, Anderson Varejão e Nenê) somaram 23. Com 11 pontos, Leandrinho foi o cestinha brasileiro, com 11.

O início de jogo ruim custou caro ao Brasil, que sempre precisou correr atrás no placar e jamais esteve perto de se aproximar. No primeiro quarto, a Espanha atropelou a Seleção Brasileira, que não conseguia parar os irmãos Pau e Marc Gasol e os chutes de longe. Resultado disso? Os espanhóis colocaram vantagem de 30 a 14 e ficaram na boa, para só administrar o marcador.

O único momento em que o Brasil conseguiu pressionar os espanhóis e enervá-los foi no início do segundo quarto, quando obteve uma sequência de 7 a 0.

A reação brasileira fez o técnico espanhol e os jogadores se irritarem e reclamarem muito com os árbitros, que pouco fizeram para conter a chiadeira. Com uma defesa mais intensa, conseguiu vencer o quarto por 18 a 15 foi para o intervalo perdendo por 45 a 32.

Na volta do vestiário, a Espanha retomou seu ritmo avassalador e chegou a colocar 20 de vantagem (60 a 40) após uma sequência de oito pontos de Pau Gasol, sendo seis em arremessos de três pontos. Ali, a fatura estava liquidada.

O Brasil não esmoreceu, mas entrou no período decisivo perdendo por 66 a 47. No último quarto, o panorama pouco mudou. As equipes ficaram praticamente trocando pontos.

Bookmark and Share