Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 02/09/2014
  • 14:58
  • Atualização: 15:01

Adiado julgamento de Petros no Pleno do STJD

Volante do Corinthians foi punido em primeira instância por agressão ao árbitro do clássico contra o Santos

  • Comentários
  • Lancepress

O recurso do Corinthians para evitar a punição do meia Petros no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa da agressão ao árbitro Raphael Claus, no clássico contra o Santos, pelo Brasileirão, não será mais julgado nesta sexta-feira. Ainda não há nova data.

O motivo é que o auditor do Pleno da corte desportiva, Gabriel Marciliano Júnior, que foi incumbido com a missão de ser o relator do caso, não poderá comparecer à sessão por estar em viagem. Sendo assim, todos os casos cuja relatoria era dele foram tirados da pauta.

Em primeira instância, Petros foi punido com 180 dias de suspensão por causa da trombada que deu no árbitro durante a vitória do Corinthians sobre o Santos por 1 a 0. O Corinthians, no entanto, além de recorrer, conseguiu um efeito suspensivo para que o meia não precisasse pagar de imediato o gancho.

Bookmark and Share