Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 04/09/2014
  • 00:21
  • Atualização: 00:28

Flamengo devolve goleada e derruba Coritiba nos pênaltis

Alecssandro marcou duas vezes no 3 a 0 que manteve o rubro-negro na Copa do Brasil

  • Comentários
  • Lancepress

O Flamengo conseguiu usar a força do Maracanã para reverter um grande prejuízo frente ao Coritiba e seguir na Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, o Rubro-Negro devolveu a goleada da ida e aplicou 3 a 0 na equipe paranaense durante o tempo normal, com dois gols de Alecsandro e um de Eduardo da Silva. Nas penalidades, os goleiros brilharam, muitas cobranças foram ruins e, já na decisão das alternadas, a trave traiu Carlinhos e definiu o 3 a 2 a favor do Mengão. Na próxima fase, o time da Gávea irá pegar o surpreendente América-RN, que eliminou o Atlético-PR.

A partida começou com forte pressão da equipe carioca, mas logo o Coxa conseguiu fazer frente. Aos 14 minutos, Luiz Antonio sentiu um problema no ombro direito e teve de ser substituído por Léo Moura, que estava sendo poupado. Já aos 29, foi a vez de Paulinho sair da partida. O atacante teve um problema na perna direita, que o fez deixar o gramado chorando. Na vaga do camisa 26, Luxemburgo colocou Everton, outro titular que estava sendo poupado.

Quando o primeiro tempo caminhava para um fim sem emoção, Zé Love resolveu animar a torcida rubro-negra. Já nos acréscimos, o atacante do Coxa derrubou João Paulo na área: pênalti. Na cobrança, Alecsandro botou a bola no fundo da rede.

Disposto a não perder tempo, Luxemburgo fez a terceira alteração no Flamengo logo no intervalo. Eduardo da Silva entrou no lugar de Gabriel. E o ânimo rubro-negro não demorou muito tempo para aumentar. Aos dez minutos, o árbitro Wagner Reway marcou mais um pênalti: toque de mão, de Norberto, na bola. Na cobrança, Alecgol fez justiça ao apelido: 2 a 0.

Aos poucos, porém, a animação na arquibancada ia diminuindo. Mas parecia que os flamenguistas tinham se esquecido que Eduardo da Silva havia entrado no intervalo. Acostumado a balançar as redes do Maracanã, o croata não desperdiçou o cruzamento de Everton, aos 35 minutos, e fez o terceiro do Flamengo. Resultado este que levou o jogo para a disputa por pênaltis.

Nas penalidades, ambos os goleiros defenderam duas cobranças, e a trave fez sua parte em outras. Nas cobranças um para um, Carlinhos carimbou a trave, enquanto Canteros confirmou a vaga nas quartas de final.


Bookmark and Share