Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
23ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

05/09/2014 12:26 - Atualizado em 05/09/2014 12:32

Inter confia em confrontos diretos e gás futuro para brigar pelo Brasileirão

Colorado espera tirar vantagem de ter apenas uma competição até o fim do ano

Inter foi eliminado da Sul-Americana pelo Bahia<br /><b>Crédito: </b> Yasuyoshi Chiba / AFP / CP
Inter foi eliminado da Sul-Americana pelo Bahia
Crédito: Yasuyoshi Chiba / AFP / CP
Inter foi eliminado da Sul-Americana pelo Bahia
Crédito: Yasuyoshi Chiba / AFP / CP

Antes mesmo dos confrontos com o Bahia pela Copa Sul-Americana, o técnico Abel Braga já via na competição um estorvo para o Inter. Com a eliminação, o Colorado fica com o caminho livre para focar no Brasileirão, ao menos esse é o pensamento do treinador. No entanto, em setembro, a competição não terá folga. O clube gaúcho aposta em dias decisivos e em um descanso futuro para conseguir se aproximar do Cruzeiro.

Atualmente, são oito pontos de diferença que separam o time de Abel Braga, vice-líder, da Raposa. A sequência de jogos quarta e domingo reserva sete rodadas para setembro. São 21 pontos em disputa. O Inter aposta em uma arrancada neste momento, como a sequência de cinco vitórias consecutivas, para ter um ganho mais à frente, sem nenhuma competição a disputar.

“Vai pesar na frente. Tem que pesar. Não tem como. Agora é ter a mesma alma do jogo passado. Muda a competição, agora é só essa, e vamos encarar com o melhor modo possível”, destacou Abel Braga após o empate com o Bahia que eliminou o Inter da Sul-Americana.

Apesar de ressaltar a dificuldade de alcançar o Cruzeiro, o meia Alex afirma que é possível de evitar o segundo título seguido dos mineiros. E as próximas rodadas serão decisivas para tal. A Raposa enfrenta Fluminense, no Rio, Bahia, em casa, e São Paulo, fora. O Inter aposta em uma aproximação neste momento.

“Não digo quase impossível, pelos pontos que temos para disputar. Lógico que ver o percentual de aproveitamento, condição, se mantiver, óbvio que vai ser muito difícil. Cruzeiro é o time a ser batido no Brasil. Mas 60 pontos a disputar é muita coisa. E tem confrontos diretos. Essa sequência de dez jogos vai dizer muito. Temos que estar atentos para tentar pontuar em sequência. Para que o Cruzeiro não venha abrir”, comentou o camisa 12 colorado.

O Inter chega no início da tarde desta sexta-feira em Porto Alegre. No próximo domingo, às 18h30min, o Colorado recebe o Figueirense no Beira-Rio pelo Brasileirão.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.