Correio do Povo | Notícias | Grêmio e Inter ficam no 0 a 0 em jogo de poucas chances e recorde de público

Porto Alegre, terça-feira, 17 de Setembro de 2019

  • 06/03/2016
  • 20:27
  • Atualização: 18:08

Grêmio e Inter ficam no 0 a 0 em jogo de poucas chances e recorde de público

Colorado classificou para semifinal da Primeira Liga diante de mais de 48 mil na Arena

Gre-Nal teve muita pancadaria e poucas chances de gols | Foto: Fabiano do Amaral

Gre-Nal teve muita pancadaria e poucas chances de gols | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Correio do Povo

Em um jogo muito disputado, com novo recorde de público na Arena, mas com poucas chances de gols, Grêmio e Inter ficaram no 0 a 0, neste domingo. Atuando em seus domínios, o Tricolor teve maior volume de jogo e o Colorado aproveitou para buscar os contra-ataques em velocidade para tentar surpreender o adversário. Entretanto, os dois times tiveram poucas oportunidades claras e o placar não foi modificado.

A partida foi marcada por um novo recorde de espectadores no estádio gremista: 48.204. Anteriormente, o maior público era o da partida contra o San Lorenzo, em 2014, com 47.244.

Com o resultado, o Colorado classificou em primeiro do grupo B na Copa da Primeira Liga, mas como terceiro primeiro colocado e fará a semifinal fora de casa no dia 24, às 19h30min. Já o Grêmio terá que aguardar até quinta-feira para saber de resultados paralelos. O Tricolor precisa torcer para que o Fluminense não ganhe do Criciúma e que o Figueirense não derrote o Flamengo.

Pelo Gauchão, o Colorado segue em quinto com 15 pontos e o Grêmio é o terceiro com 16. Na próxima quarta-feira, às 21h45min, o Grêmio recebe na Arena o San Lorenzo, pela 3ª rodada do grupo 6 da Libertadores. Já o Inter só volta aos gramados no domingo, às 16h, no estádio Beira-Rio, contra o São Paulo de Rio Grande.

Grêmio pressiona, mas não consegue superar defesa do Inter

O Grêmio iniciou a partida pressionando o Inter no seu campo. Enquanto isso, o Colorado se defendia como podia e tentava surpreender nos contra-ataques. Aos cinco minutos, Luan passou por dois adversários e chutou de fora da área à direita de Alisson. Um minuto depois, os comandados de Argel Fucks criaram a primeira e uma das poucas oportunidades dos primeiros 45 minutos. Artur aproveitou saída errada da defesa e passou para Andrigo, que girou e arriscou de fora da área. Marcelo Grohe fez a defesa segura.

Aos 18, Douglas recebeu passe de Luan, girou e bateu no ângulo direito de Alisson, que saltou e espalmou pela linha de fundo. Na cobrança, Geromel cabeceou, sem marcação, para o chão, a bola atravessou a área e saiu. Depois deste lance, o Inter conseguiu diminuir a pressão dos donos da casa e criar algumas jogadas ofensivas, mas sem criar oportunidades claras.

A segunda oportunidade gremista aconteceu aos 30. Giuliano deu um drible de corpo no meio de campo e lançou Bolaños. O equatoriano avançou pela esquerda e bateu, mas o chute saiu fraco e Alisson fez fácil defesa. Nove minutos depois, Bolaños recebeu lançamento dentro da área, mas antes de pegar a bola sofreu carga por trás de William e caiu. O árbitro Anderson Daronco entendeu como jogada normal e mandou seguir.

Nos minutos finais, o Grêmio insistiu, mas não conseguiu furar o bloqueio do Inter. Já o Colorado seguiu com dificuldades para criar jogadas ofensivas e, em especial, chances de gols.

Inter iguala as ações ofensivas, mas as chances de gols continuaram poucas

No intervalo para o segundo tempo, o Grêmio perdeu Bolaños com uma suspeita de fratura no maxilar. O equatoriano levou uma cotovelada de William no primeiro tempo. Com Henrique Almeida, o Tricolor não voltou repetindo a pressão do primeiro tempo. Com espaços, o Inter cresceu, mas seguia com dificuldades para criar chances claras de gol.

Aos nove, Aylon recebeu passe pela esquerda, avançou e cruzou rasteiro. Rodrigo Dourado não conseguiu chegar a tempo de tocar na bola, que ficou com Grohe. Seis minutos depois, Luan fez lançamento perfeito para Giuliano dentro da área, o meia tentou cortar para o meio, mas Ernando, de carrinho, conseguiu roubar a bola do adversário.

Aos 17, Maicon arriscou de fora da área, a bola quicou no meio da área e Alisson segurou com perfeição. Um minuto depois, Argel retirou Anderson e colocou Vitinho. Aos 24, Giuliano chutou para o meio da área, Luan matou a bola, na marca do pênalti, ajeitou e chutou no travessão de Alisson.

No lance seguinte, Vitinho lançou Sasha. O atacante avançou, deu um belo drible em Fred e cruzou para Vitinho no interior da grande área. O atacante chutou e Geromel, próximo a linha da meta salvou chutando pela linha de fundo. Aos 26, Roger retirou Douglas e colocou Everton. Argel colocou Alex e tirou Andrigo.

Aos 33, Vitinho cobrou falta pela esquerda de ataque, a bola quicou dentro da área e foi parar nas mãos de Grohe. Aos 47, Paulão acertou Henrique Almeida, após o atacante do Grêmio dar um carrinho por trás e recebeu o cartão vermelho. Os dois times seguiram insistindo, mas não conseguiram abrir o placar.

Gauchão – 8ª rodada – Primeira Liga – Fase de Grupos

Grêmio (0)

Marcelo Grohe; Wesley, Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano, Douglas (Everton) e Luan (Bobô); Bolaños (Henrique Almeida). Técnico: Roger Machado

Inter (0)

Alisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho, Anderson (Vitinho) e Andrigo (Alex); Eduardo Sasha e Aylon (Réver). Técnico: Argel Fucks.

Gols: -

Cartões amarelos: Henrique Almeida, Maicon, Marcelo Oliveira e Geromel (G) e William, Andrigo e Aylon (I)

Cartão vermelho: Paulão (I)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Público total: 48.204

Renda: R$ 1.937.749,00

Árbitro: Anderson Daronco

Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Júlio César dos Santos