Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

  • 14/05/2017
  • 20:57
  • Atualização: 21:54

Grêmio joga bem e estreia vencendo o Botafogo por 2 a 0

Ramiro foi destaque na vitória, marcando os dois gols na Arena

Ramiro foi destaque na vitória, marcando os dois gols na Arena | Foto: Ricardo Giusti

Ramiro foi destaque na vitória, marcando os dois gols na Arena | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Bernardo Bercht

O Grêmio dominou o Botafogo a maior parte do jogo e estreou com vitória no Brasileirão. Neste domingo na Arena, a equipe gremista até pecou pelo desperdício de chances, mas conseguiu confirmar o 2 a 0 para arrancar confiante no campeonato. Com o resultado, ocupa o quarto lugar e tentará embalar contra o Atlético-PR. A partida será na Arena da Baixada, dia 21. Antes, enfrenta o Fluminense pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira. O Botafogo é 17º e vai encarar a Ponte Preta, também domingo, 21. 

O Tricolor massacrou o Botafogo no primeiro tempo, mas demorou para fazer a torcida gritar gol. Foi uma história de domínio e desperdício de oportunidades, mas na marra o 1 a 0 veio antes do intervalo.

Pressão e frustração

Logo aos seis minutos, os comandados de Renato Portaluppi tiveram a chance de abrir o placar. Michel roubou a bola com muita esperteza e lançou Luan na cara do gol. Só que o atacante ficou olhando só para a bola e chutou em cima do goleiro, com toda a meta à disposição. O Botafogo respondeu só na bola parada, com um susto em cobrança de escanteio aos 11 minutos. Marcelo levantou, Roger cabeceou livre na marca do pênalti e mandou perto do poste esquerdo.

Depois disso, os gremistas mandaram no jogo. Aos 20, Gatito Fernandez salvou o time carioca. Arthur lançou Pedro Rocha, que mandou um tijolaço de fora da área e o goleiro se esticou para afastar em escanteio. Dez minutos depois, Luan perdeu outra grande oportunidade e fez parte da torcida perder a paciência. Barrios foi lançado na intermediária e desviou de letra para Luan. Ele invadiu a área, mas pegou embaixo da bola e isolou.

Aos 41, Barrios subiu mais que todos na área e desviou firme, mas a bola resvalou nas costas de um defensor em escanteio. Após a cobrança, O Botafogo saiu no contra-ataque e quase marcou. Emerson cruzou, sobrou para Pimpão livre no segundo pau, mas ele errou o chute, mandando por cima.

Finalmente o gol, antes do intervalo

O Grêmio merecia o gol e ele veio quase que à força. Léo Moura foi lançado na direita e conseguiu dominar bola muito difícil. Cruzou no pé de Barrios, que aparou de primeira para defesa milagrosa de Gatito. Sobrou para Pedro Rocha, que dentro da pequena área chutou em cima de Emerson. Só que Ramiro apareceu na velocidade e, no segundo rebote, fulminou as redes para o 1 a 0 antes do apito de fim da etapa.

O segundo tempo começou sem mudanças nos times e na toada do jogo. Logo no primeiro lance, Luan perdeu sua terceira grande chance. Marcelo Oliveira tabelou com Pedro Rocha e cruzou com açúcar para Luan. Ele girou para o chute, mas bateu para fora.

Aos 4 minutos, o Botafogo respondeu. Roger recebeu na área, fez um sarandeio, mas na hora do chute apareceu o pé de Kannemann na frente. Geromel afastou para onde estava virado. Três minutos depois, Luan tentou mais uma vez, mas parou na defesa de Gatito ao chutar cruzado.

Ramiro define o escore

Mas tinha Ramiro inspirado. Aos oito minutos, Ramiro dominou no peito com estilo e mandou de voleio para o gol. A bola desviou em Luan e tirou o goleiro do lance. Dois a zero para deixar o Grêmio tranquilo no jogo.

A partir daí, o Tricolor reduziu a pressão, mas o Botafogo não transformou isso em maior produção ofensiva. Aos 24 minutos, uma bola parada foi a chance. João Paulo bateu forte, a bola desviou na barreira e saiu em escanteio. Três minutos depois, Luan perde o gol mais incrível da suas quatro chances desperdiçadas. Léo Moura chutou para o gol, Gatito deu rebote e o lateral voltou a cruzar. Luan cabeceou a dois passos do gol, mas mandou para fora, à esquerda do gol.

Antes do apito final, Ramiro ainda perdeu o hat-trick em cima da pequena área. Cortez, que tinha entrado no lugar de Marcelo Oliveira, invadiu a área e cruzou rasteiro no segundo pau. O volante chegou chutando, mas tocou por cima.

Brasileirão - 1ª rodada

Grêmio

Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira (Bruno Cortez); Michel e Arthur (Gata Fernández); Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Lucas Barrios (Jailson). Técnico: Renato Portaluppi

Botafogo

Gatito Fernández; Igor, Marcelo, Emerson Santos e Víctor Luís; Aírton (Gilson), Bruno Silva, João Paulo e Camilo (Guilherme); Rodrigo Pimpão e Roger (Joel). Técnico: Jair Ventura

Cartões amarelos: Marcelo, Rodrigo Pimpão, Bruno Silva, Emerson Santos e João Paulo (B); Marcelo Oliveira (G).

Gols: Ramiro (45min/1ºT e 8min/2ºT).

Arbitragem: Bráulio Machado, com Kléber Lúcio Gil e Neuza Inês Back (trio catarinense)

Público: 20.289 (18.552 pagantes)

Local: Arena do Grêmio