Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 27 de Maio de 2017

  • 17/05/2017
  • 10:58
  • Atualização: 11:08

Porto Alegre tem esquema de trânsito e transporte para Grêmio e Fluminense

A previsão é de cerca de 20 mil torcedores

Porto Alegre tem esquema de trânsito e transporte para Grêmio e Fluminense | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Porto Alegre tem esquema de trânsito e transporte para Grêmio e Fluminense | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) preparara esquemas especiais para o deslocamento das pessoas que irão assistir à partida entre Grêmio e Fluminense, válido pela Copa do Brasil. O jogo tem início marcado às 21h45min e abertura dos portões às 19h45min. A previsão dos dirigentes gremistas é de cerca de 20 mil torcedores.

A linha Especial Futebol circulará com dez ônibus, saindo do Largo Glênio Peres em direção ao estádio a partir de duas horas antes do jogo. A região da Arena do Grêmio possui cinco linhas de ônibus e cinco de lotação. O serviço de táxi será reforçado, com ponto de embarque e desembarque embaixo do viaduto da BR-448. As linhas T2 e T2.3 /Arena, operadas pela Carris, circularão com tabela horária eventual para atender ao jogo.

Uma boa opção de transporte é o Trensurb. Os torcedores que utilizarem o metrô devem desembarcar na estação Anchieta, cerca de 1,5 quilômetro até a Arena, aproximadamente 10 minutos de caminhada. A Brigada Militar e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) irão avaliar a necessidade, ou não, de bloqueios na alça de acesso à BR-448 (Rodovia do Parque), com foco na segurança do público.

A fim de atender o público na saída do jogo, a Estação Anchieta reabre à 00h desta quinta-feira. Os trens partirão conforme a demanda, em ambos os sentidos, até 00h30min, quando a estação será fechada. As demais estações funcionam apenas para o desembarque nesse período.

A empresa recomenda que os usuários comprem a passagem antecipada de ida e volta para agilizar o retorno. Vale lembrar que os bloqueios (ou catracas) do metrô aceitam os cartões de bilhetagem eletrônica SIM, TRI e TEU.