Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

  • 07/10/2017
  • 09:03
  • Atualização: 09:04

Desafio colorado é conter a ansiedade

A dez rodadas do fim da Série B e com boa perspectiva de acesso, ordem no clube agora é não perder o foco

Ordem no Inter agora é não perder o foco | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Ordem no Inter agora é não perder o foco | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski

Evitar a contagem regressiva que já contagiou a torcida e manter o foco nos últimos dez compromissos na Série B, de preferência um de cada vez, são os desafios colorados nesta reta final de temporada. Tanto para os dirigentes, como para o técnico Guto Ferreira, esta é forma de alcançar o objetivo maior do ano sem sobressaltos. “Está todo mundo um pouco ansioso, mas temos que manter a atenção sempre no próximo jogo. Agora, o foco é o Brasil. Depois, será o Boa e assim por diante”, afirma o vice de futebol, Roberto Melo.

O Inter vive uma situação relativamente confortável. Apesar da derrota para o Paraná, na rodada passada, mantém uma folga na liderança da Série B — que pode diminuir para três pontos caso o América-MG confirme o favoritismo e vença o Santa Cruz, hoje, em Recife. Se vencer o Brasil, no Beira-Rio, na próxima segunda-feira, volta a abrir seis pontos de vantagem.

“O grupo está maduro. Aconteceu uma derrota, mas vamos em busca de uma vitória agora. Temos que mostrar a nossa força, ainda mais que o jogo é em casa. Não é uma derrota que vai nos abalar. O grupo está muito maduro”, assegura Danilo Fernandes. Em entrevista ontem pela manhã, ele confirmou que estará em campo na segunda-feira. Ele sentiu dores no pé durante o treino da véspera: “Foi só um susto. Tomei uma bolada e o pé virou, mas foi só um incômodo. Treinei e estou 100%”.

Apesar da lesão muscular de Rodrigo Dourado, que só volta no final de outubro, o time colorado está recomposto para a partida contra o Brasil. Na zaga, volta Victor Cuesta e, no ataque, o reforço é William Pottker. Para o lugar de Dourado, Guto vai confirmar Charles. “O importante nessa partida é conquistar a vitória, independentemente da forma. Se tiver que brigar, temos que brigar até o final”, encerra Danilo Fernandes.


TAGS » Futebol, Inter, Série B