Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

  • 10/08/2017
  • 08:24
  • Atualização: 08:36

Com folga no calendário, Inter aproveita tempo para trabalhar

Colorado terá apenas cinco partidas nos próximos 30 dias, incluindo uma pela Primeira Liga

Com menos jogos pela frente, equipe colorada vai atuar em média uma vez a cada seis dias até início de setembro | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Com menos jogos pela frente, equipe colorada vai atuar em média uma vez a cada seis dias até início de setembro | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski

Reiteradas vezes, a falta de tempo para treinar foi motivo de reclamações por parte de Guto Ferreira, principalmente quando a fase ainda era desfavorável, os resultados não apareciam e o time apresentava-se mal. A partir desta semana, porém, esse não será mais um obstáculo. Nos próximos 30 dias, o Inter terá apenas cinco partidas oficiais, incluindo uma contra o Atlético-MG pela Primeira Liga.

Ou seja, até 9 de setembro, quando joga contra o Juventude, em Caxias do Sul, o time colorado terá de entrar em campo, em média, somente a cada seis dias. O primeiro compromisso é contra o Londrina, neste sábado, no estádio Beira-Rio, partida que abre o returno da Série B.

“Este turno será muito mais difícil, pois todos os times buscam algo dentro do campeonato”, afirmou ontem Danilo Fernandes. Sorridente, o goleiro confirmou que a de ontem foi a “entrevista mais tranquila da temporada” devido à reversão da crise após três vitórias em sequência, nas quais o time fez sete gols e não sofreu nenhum.

“Vivemos um momento bacana. Jogamos três partidas muito bem, com futebol convincente. Conquistamos os resultados jogando bem, o que é importante. Mas temos de manter os pés no chão e a cabeça no lugar, pois tem muita coisa para acontecer. Não podemos mais sair do G4”, observou Danilo Fernandes.

Com o time confirmado e em boa fase, Guto Ferreira tem usado as sessões de treino da semana para aperfeiçoar aspectos técnicos e táticos da equipe. No treino de ontem, por exemplo, trabalhou o posicionamento da equipe, a saída rápida para o ataque e a marcação sob pressão. Exercícios técnicos de defesa contra ataque também foram feitos.

Em uma parte do trabalho, o técnico também testou Camilo no lugar de D’Alessandro e Nico Lopez no de Damião. Na verdade, trata-se muito mais de uma opção para o segundo tempo, quando os titulares estiverem cansados. A rotina de treinos, marcados por uma tranquilidade até então inédita em 2017, prossegue hoje pela manhã.