Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018

  • 19/01/2018
  • 07:45
  • Atualização: 08:16

Melo diz que Inter tentará antecipar chegada de Moledo nos próximos dias

Dirigente elogiou postura de Anderson na rescisão de contrato

Melo diz que Inter tentará antecipar chegada de Moledo nos próximos dias  | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP Memória

Melo diz que Inter tentará antecipar chegada de Moledo nos próximos dias | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, afirmou após a vitória do Colorado sobre o Veranópolis que a diretoria tentará, nos próximos dias, finalizar a chegada de Rodrigo Moledo. O zagueiro assinou pré-contrato com o clube e, no primeiro momento, deveria desembarcar em Porto Alegre somente em julho. 

"A gente fez um pré-contrato, mas desde a semana passada, alguns clubes da Grécia fizeram propostas por empréstimo e compra. O Moledo não quis e se comprometeu com o Inter. Avançamos bastante na ideia de ele antecipar a sua chegada, ressaltando a vontade e o desejo do jogador. Vamos ver se a gente consegue finalizar esta questão e que ele possa chegar a Porto Alegre nos próximos dias", disse Melo em entrevista coletiva. 

Melo afirmou que a contratação de Moledo e sua possível chegada antecipada não significa que o grupo está fechado. "Não dá para dizer isso. A gente sempre está avaliando e, surgindo a possibilidade de contratar um jogador que possa agregar qualidade, vamos fazê-lo. Fora o Moledo, não temos outras negociações em andamento no momento", esclareceu. 

• Alto custo, briga, rebaixamento e apenas 6 gols: a passagem de Anderson pelo Inter

O dirigente colorado fez questão de elogiar a postura de Anderson, que nessa quinta-feira teve seu contrato rescindido de maneira amigável com o clube. "Aconteceram conversas dentro do departamento de futebol. A gente quis construir este acordo. Ele foi sensível à situação do clube e foi profissional, porque ele poderia ficar recebendo seu salário por mais um ano, mas optou por seguir a carreira e tentar ser feliz em outro lugar", resumiu.